Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Byrne: "Há definitivamente mais para vir"

Byrne: 'Há definitivamente mais para vir'

Byrne: "Há definitivamente mais para vir"

A promessa de que há muito mais para vir da equipa Proton KR equipada com motores KTM surgiu do piloto inglês Shakey Byrne, após completar o último de três dias de testes oficiais em Jerez.

Este teste, foi apenas a terceira vez que Byrne experimentou a moto Proton KR com motor da KTM. O projecto ainda está muito no início, encontrando-se agora na fase de desenvolvimento do protótipo em que é necessário fazer coincidir o motor V4 de 990cc da austríaca KTM, com o chassis britânico do TeamKR.

Byrne completou 152 voltas ao longo dos três dias num ultimo contacto com a moto antes do arranque do campeonato de 2005 daqui a duas semanas, no Grande Prémio de Espanha, também em Jerez a 10 de Abril.

"Tivemos muitas melhorias com a frente da moto e com algumas afinações neste último dia e julgo que estamos agora na direcção certa," disse Byrne. "Com pneus de corrida fiz 1m44,2s, quase quatro segundos mais rápido do que os tempos que havia feito no primeiro dia. No primeiro dia não tinha muita confiança na abordagem das curvas. As principais alterações que realizámos foram ao nível do chassis e da forquilha."

Nos últimos três dias, Byrne conseguiu retirar quase 4 segundos aos seus tempos ao levar a cabo um programa de desenvolvimento de chassis, suspensões e motor.
"Há definitivamente mais para vir. No último dia, os tempos por volta já saíram com mais facilidade. No primeiro dia estava a dar tudo o que tinha e a conseguir 1m47s, mas no último, o tempo de 1m44,2s já é razoável."

"Testámos algumas novas soluções com o motor da KTM. Gostava de ter um pouco mais de resposta do motor em especial nas curvas e espero que o possamos conseguir mantendo a boa distribuição de potência e tudo o resto de bom que este motor já tem. É uma pena que tivéssemos de terminar mais cedo no último dia."

Byrne rodou apenas com pneus de corrida da Michelin e não tentou realizar uma volta rápida com pneus mais macios como quase todos os seus rivais fizeram.
"Nem sequer tive tempo de experimentar alguns dos novos e melhores pneus que a Michelin trouxe. Nem sequer me importei em fazer uma volta com pneus de qualificação, já que ainda não estamos preparados para isso."

"Em Jerez precisamos de estabelecer como objective o tempo de 1m42s e julgo que toda gente sabe quais os pontos em que devemos pensar em melhorar a moto. Toda a gente na KTM e no Team KR está motivada para este desafio."

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›