Compra de bilhetes
VideoPass purchase

MotoGP inicia a temporada de 2005 com o Marlboro GP de Espanha

MotoGP inicia a temporada de 2005 com o Marlboro GP de Espanha

MotoGP inicia a temporada de 2005 com o Marlboro GP de Espanha

O Campeonato do Mundo de MotoGP regressa com estrondo este fim-de-semana com o Marbloro Grande Prémio de Espanha dando inicio a outra temporada de motociclismo ao mais alto nível. Depois de longo interregno de cinco meses desde a última ronda em Valência – onde Valentino Rossi se estreou na Yamaha e conquistou o título – o Campeonato do Mundo de MotoGP volta a Espanha para a primeira abertura da época em solo europeu em quase duas décadas.

Uma pista já familiar para os 21 pilotos que alinham este ano no Campeonato do Mundo, já que o traçado andaluz foi palco dos últimos três dias de testes oficiais há uma semana. Os testes mostraram indícios de novo potencial para MotoGP, em que jovens pilotos talentosos deram mostras do que são capazes, podendo vir a estremecer um pouco a velha guarda – Rossi, Sete Gibernau e Max Biaggi, os pilotos que reclamaram os três primeiros lugares nas duas últimas temporadas.

Nicky Hayden, Marco Melandri e John Hopkins, todos com menos de 23 anos, foram os pilotos mais rápidos na sessão de testes, com Hayden a rodar quase um segundo mais rápido que o recorde de Rossi na pole position da época anterior. De facto, foram sete os pilotos a fazerem marcas abaixo do recorde, o que deixa antever confronto muito renhido na manhã de sexta-feira, já com o novo formato de qualificação para 2005. Ao contrário do passado, serão três as sessões de treinos livres (duas na sexta e uma na manhã de sábado), seguidas de uma sessão de treinos cronometrados antes da corrida de domingo.

Rossi começa a defesa do seu título mundial num traçado onde contam com melhor conjunto de resultados que qualquer outro piloto, uma vez que já conquistou um total de cinco triunfos – 125cc, 250cc, 500cc e MotoGP. Apesar da boa forma dos jovens rivais, espera-se que Gibernau seja, uma vez mais, o seu principal rival, tanto na luta pela vitória no Domingo, como no combate pelo título. O espanhol contará com o apoio dos fãs de Jerez, bem conhecidos pela sua "afficion", como, aliás, aconteceu no ano passado onde foi incitado por cerca de 125.000 espectadores para averbar o triunfo debaixo de chuva torrencial.

Tal como a oposição habitual de Gibernau e Biaggi, ambos na Honda pela terceira época consecutiva, Rossi também será desafiado por vários novos pilotos este ano, depois de um Inverno ter dado a conhecer algumas mudanças interessantes. A seu lado estará Colin Edwards na garagem da Yamaha que volta à marca que lhe deu a oportunidade de fazer a corrida de estreia como profissional em 92 nas 250 em Daytona, enquanto a jovem dupla espanhola Toni Elias e Ruben Xaus se junta à equipa satélite da marca nipónica sob direcção de Hervé Poncharal.

Troy Bayliss mudou para a Honda depois de duas temporadas com a Ducati, tendo agora como companheiro Alex Barros. Já o antigo piloto da Yamaha Carlos Checa junta-se à marca italiana no lugar de Bayliss, o antigo companheiro de equipa de Loris Capirossi. Roberto Rolfo e Franco Battaini, antigos pilotos de 250cc, estreiam-se na classe rainha pelas equipas D'Antin Ducati e Blata WCM, respectivamente, enquanto Shane Byrne correrá pelo Team Roberts na estreia competitiva da KTM.

Enquanto a acção começa com a primeira sessão de treinos livres de 125cc na manhã de sexta-feira pelas 9h00, há algumas alterações para o programa de corridas de 2005. As 125cc e 250cc começarão 15 minutos mais cedo que o habitual – ou seja, agora às 11h00 e às 12h15 respectivamente –, deixando algum tempo extra antes da corrida de MotoGP que terá inicio à hora tradicional, às 14h00, excepção feita para o Grande Prémio de Portugal em que a categoria rainha vê a sua corrida disputar-se entre as categorias de 125 e 250cc.

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMIO MARLBORO DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›