Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Elite mundial converge para Jerez para início do MotoGP

Elite mundial converge para Jerez para início do MotoGP

Elite mundial converge para Jerez para início do MotoGP

Os motociclistas mais rápidos do mundo reuniram-se hoje numa tarde de antecipação e expectativa no circuito espanhol de Jerez, a véspera do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2005. A jornada de abertura da época arranca sexta-feira de manhã com a primeira sessão de treinos livres para o Marlboro Grande Prémio de Espanha a marcar o há muito desejado regresso da competição depois de longo Inverno de desenvolvimentos.

Foram 20 os pilotos de MotoGP a alinhar para a tradicional fotografia de pré época e todos com um só objectivo em mente: destronar o homem que está no meio da foto, o Campeão do Mundo em título Valentino Rossi. O piloto da Yamaha venceu o ceptro da categoria rainha nas últimas quatro temporadas e já venceu em Jerez em todas as categorias, perfazendo um total de cinco triunfos, um recorde que pretende dilatar naquela que espera ser a sua mais difícil temporada até ao momento.

"No ano passado surpreendemos, mas desta feita será mais difícil porque todos sabem com o que podem contar", admite Rossi, que se tornou no primeiro piloto desde Eddie Lawson em 1989 a conquistar dois títulos consecutivos em duas marcas diferentes depois de deixar a Honda e passar para Yamaha no ano passado. "A Honda trabalhou muito durante o Inverno e têm pilotos muito fortes, mas neste deporto não se trata de uma fábrica contra outra – são os pilotos uns contra os outros. No final o vencedor será o que se apresentar mais consistente e for mais vezes ao pódio".

Depois de meses de testes de pré época, o italiano admite estar desejoso por voltar a fazer o que mais gosta e promete muito divertimento na temporada que se aproxima. "Tem sido um longo Inverno e por vezes chega a ser difícil estar motivado, mas na corrida vou dar os 100%. Estão todos prontos – os pilotos estão bem preparados e as motos afinadas. Vamos ter outro grande espectáculo este ano".

Apesar da forte motivação de Rossi, os restantes pilotos de MotoGP mostram-se bastante confiantes na possibilidade de este ser o ano da queda de "Il Doctore". Sete Gibernau tem sido quem mais de perto tem perseguido o Campeão do Mundo nas duas últimas temporadas e diz que está melhor preparado que nunca para o desafia na luta pelo título.

"O meu único objectivo é chegar a um ponto em que não tenho de depender de ninguém e creio que estou melhor que nunca", disse Gibernau que venceu a corrida do ano passado sob forte chuva. "É claro que o Valentino é o homem a bater porque venceu o campeonato nas épocas mais recentes. Cabe-nos a nós melhorar o nosso nível, mantermo-nos concentrados e fazer o melhor trabalho possível em cada corrida".

Ao contrário da época passada, toda a grelha chega à primeira prova em bom estado de saúde, com Alex Barros a reclamar preparação física de 100% depois de duas temporadas de problemas com lesões. John Hopkins recuperou com rapidez das operações para remover placas metálicas das pernas e Max Biaggi fez impressionante progresso do tornozelo partido em Novembro. Até mesmo Carlos Checa, que falhou os últimos testes oficiais em Jerez há duas semanas com problemas no ombro, diz que deverá "estar a 100% para a corrida".

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMIO MARLBORO DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›