Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi pulveriza recorde da pole em Jerez

Rossi pulveriza recorde da pole em Jerez

Rossi pulveriza recorde da pole em Jerez

Valentino Rossi inicia a defesa do título de Campeão do Mundo de MotoGP da pole position neste domingo em Jerez. O italiano garantiu um tempo recorde absolutamente impressionante ao rodar em 1m39,419s, batendo o herói da casa Sete Gibernau e retirando quase segundo e meio à anterior melhor marca estabelecida no ano passado.

"A minha melhor volta foi incrível!" sorriu Rossi no final da única sessão de qualificação, formato que este ano vem substituir o anterior sistema de qualificação de MotoGP que se desenrolava ao longo de dois dias. "A Michelin fez um grande trabalho com os pneus de qualificação - o primeiro crono já foi bom, mas o segundo foi ainda melhor. Há uma grande dúvida quanto à escolha dos pneus para a corrida porque depois de poucas voltas começam a perder aderência, mas isto é igual para todos. Agora só espero que o tempo esteja bom amanhã e, espero, teremos uma excelente corrida".

Rossi não é a única pessoa a torcer por bom tempo em Jerez, o muito público que se espera em Jerez também está a fazer figas para que o tempo do ano passado não se repita. Algo que pode ser importante para Gibernau, já que, como hoje, voltará a contar com forte apoio local para levar Rossi de vencida. Isto apesar desta tarde não ter encontrado argumentos para contrariar os 0,496s que o italiano lhe conseguiu levar de vantagem.

Gibernau vai atacar Valentino amanhã a partir do Segundo posto da grelha e terá a seu lado Marco Melandri que, num derradeiro esforço, destronou o colega de fábrica Nicky Hayden, que assim lidera a segunda linha à frente de Shinya Nakano e Loris Capirossi, este último a rodar com uma fissura no tornozelo depois de uma queda nos treinos da manhã.

Makoto Tamada atacou no final para reclamar o 7º lugar, ficando à frente dos companheiros da Honda Alex Barros e Troy Bayliss, o que obrigou à queda de Alex Hofmann para 10º. John Hopkins, que lutou contra os efeitos de uma gripe e contra os resultados de uma queda de manhã, ficou com o 11º crono, enquanto Carlos Checa, que tem uma lesão no ombro, foi 12º.

A surpresa da sessão coube ao estreante Toni Elias que se estreia no MotoGP amanhã, largando à frente de pilotos bem mais experientes, como Kenny Roberts, Colin Edwards e Max Biaggi.

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMIO MARLBORO DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›