Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Emoção já se faz sentir no Estoril

Emoção já se faz sentir no Estoril

Emoção já se faz sentir no Estoril

Os protagonistas do Campeonato do Mundo de MotoGP regressaram à acção no Circuito Estoril esta tarde imbuídos de espírito mais amigável que aquele em que deixaram Jerez no domingo, com Valentino Rossi a apresentar pedido de desculpas ao rival Sete Gibernau pela lesão causada no ombro aquando do seu toque no final da primeira corrida da temporada.

Enquanto o espanhol se encontra em Barcelona a receber tratamento ao ombro, o italiano optou por desdramatizar toda a tensão que se criou entre os desde Jerez.

"Vi o incidente na televisão e vê-se o meu travão bater no ombro do Sete", disse Rossi, que acabou por vencer a prova enquanto Gibernau foi à gravilha, terminando em segundo. "Na altura não entendi porque ficou lesionado porque era uma curva lenta e o contacto foi muito ligeiro, mas não sabia que tinha sido submetido a duas operações àquele ombro. Tenho pena de ele não estar a 100%, mas é já certo que vamos ter outra emocionante luta".

Olhando para a corrida do Estoril, onde Rossi ganhou nos últimos quatro anos, o Campeão do Mundo comentou: "É uma pista difícil, muito técnica e a imprevisibilidade do tempo é sempre um problema. A pista é apertada, o que pode ser bom para a Yamaha. No ano passado também tive uma boa corrida, tendo conseguido alguma vantagem. Espero que o tempo se mantenha bom e logo vemos".

Enquanto Marco Melandri está em terceiro no Campeonato depois do resultado na estreia com a Honda em Jerez, Alex Barros pode ser o principal problema dos dois primeiros. Com o betandwin.com GP de Portugal antecipado para substituir o do Rio, o brasileiro conta com o apoio de um grupo de compatriotas que se deslocou à Europa para as duas primeiras provas da temporada.

"Fiquei surpreso na exibição de ontem junto ao Casino Estoril por ter encontrado tantos brasileiros, muito dos quais também tinham estado em Jerez", disse Barros que esteve com Alex Hofmann no espectacular evento, bem como com Makoto Tamada, Casey Stoner, Hector Barberá, Mika Kallio e Pablo Nieto. "Espero dar-lhes motivo para festejarem no domingo porque não gostei muito do meu resultado na semana passada e creio que sendo meio segundo por volta mais rápido poderei bater o Rossi e o Gibernau".

A exibição de quarta-feira, que teve lugar ao lado dos jardins do Casino Estoril acabou por ser pouco agradável para Hofmann que caiu da sua Kawasaki a menos de 40 km/h, lesionando-se no pulso. As radiografias mostraram, hoje, que o alemão fracturou o escafoide, o que coloca em dúvida a sua participação na prova.

Tags:
MotoGP, 2005, betandwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL

Outras actualizações que o podem interessar ›