Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barros domina primeiro dia de Treinos Livres de MotoGP no Estoril

Barros domina primeiro dia de Treinos Livres de MotoGP no Estoril

Barros domina primeiro dia de Treinos Livres de MotoGP no Estoril

Depois do emocionante embate a que se assistiu na semana passada em Jerez, o primeiro dia de confrontos do betandwin.com Grande Prémio de Portugal, segunda jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP, viu Gibernau e Rossi voltarem a proporcionar grande espectáculo ao público presente no Circuito Estoril. No obstante, o mais forte de todos os pilotos da categoria rainha acabou por ser Alex Barros.

O brasileiro da Camel Honda, terceiro classificado no Estoril em 2004 e quarto em Jerez na semana passada, mostrou bem as suas intenções para este betandwin.com Grande Prémio de Portugal ao dominar as duas sessões de Treinos Livres de hoje, com particular destaque para a tirada da tarde onde deixou toda a concorrência a mais de meio segundo.

Enquanto isso, o tetra-Campeão do Mundo de MotoGP Valentino Rossi, voltou a não encontrar-se com o traçado do Estoril nos treinos. Numa pista onde nunca conseguiu averbar a pole e depois de ter batido o seu rival Sete Gibernau por quase oito décimas de segundo na sessão da manhã, o italiano da Gauloises Yamaha voltou a dar-se menos bem com o traçado durante a segunda hora de Treinos Livres da categoria rainha, terminando com o sexto melhor tempo e não se livrando de um pequeno susto.

Mesmo assim, "Il Doctore" ainda bateu o registo matinal. Contudo, não conseguiu encontrar os argumentos para, com uma temperatura mais quente, superar Gibernau que concluiu a sessão com a segunda melhor marca, levando assim de vencida este primeiro embate entre os dois pilotos depois de Jerez, com uma vantagem de cerca de quatro décimos de segundo.

Muito bem esteve também Nicky Hayden que, depois da desistência em Jerez e após ter ficado de fora na última visita do Campeonato do Mundo ao Circuito Estoril, concluiu o dia com o terceiro crono. Um resultado muito positivo para o jovem norte-americano que de manhã havia averbado a oitava melhor marca da sessão.

Colin Edwards, colega de equipa de Rossi, foi o primeiro entre as máquinas da marca dos três diapasões ao concluir o dia de hoje com o quarto tempo, enquanto Carlos Checa, que efectua a sua primeira temporada com a Ducati, foi o quinto mais rápido.

Mais fraca foi a prestação de Max Biaggi. O italiano da Repsol Honda, um dos grandes candidatos ao título, voltou a apresentar um ritmo algo fraco com a Honda oficial, quedando-se pela sétima posição, batendo o nipónico Shinya Nakano, da Kawasaki, o estreante Toni Elias (Fortuna Yamaha Team) e Jonh Hopkins (Team Suzuki MotoGP) que fechou o Top 10.

Abaixo do esperado ficou ainda Makoto Tamada, em Honda. Depois de ter averbado o segundo lugar na corrida do ano passado no Estoril, o japonês não foi além do 13º lugar.

Tags:
MotoGP, 2005, betandwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›