Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Porto atribui nono lugar a problemas de pneus

Porto atribui nono lugar a problemas de pneus

Porto atribui nono lugar a problemas de pneus

Este domingo, Sebastián Porto, terminou o betandwin.com Grande Prémio de Portugal sem conseguir uma vitória no Estoril. Porto esteve muito próximo nestes últimos anos do o conseguir – obtendo o segundo lugar o ano passado e o terceiro em 2002 – mas desta feita terminou longe do pódio em nono lugar, um resultado que o piloto atribui a problemas de pneus.

Lutando por conseguir uma, há muito ambicionada, vitória no Estoril, Porto esteve muito rápido no início da corrida, conseguindo mesmo uma impressionante vantagem de dois segundos sobre os seus mais directos rivais. Na quarta volta o Argentino havia já conseguido dilatar a vantagem para quatro segundos e meio.

Porto manteve-se na liderança à frente da estrela da equipa Telefonica Movistar Honda, Dani Pedrosa, até mais ou menos a meio da corrida, altura em que começou a perder terrenos para os seus perseguidores. Dai para a frente as coisas correram de mal a pior para Porto.

Depois da corrida, um frustrado Porto afirmava: "Hoje não fomos felizes. Sinto-me impotente porque larguei bem e penso que se não fosse pelo problema de pneus, teria ganho a corrida.

"Nas duas primeiras voltas já tinha alguma vantagem sobre os demais. A partir da quarta volta o pneu traseiro começou a desgastar-se e tive de abrandar o ritmo. Depois os outros pilotos começaram a ultrapassar-me".

"É muito difícil pilotar a moto nestas condições e quase que sofria quedas por diversas vezes. Estou muito chateado porque a vitória era quase que impossível fugir-me, mas coisas destas acontecem e nada podemos fazer contra".

O nono lugar faz com que Porto perca um lugar na classificação geral, sendo ultrapassado pelo jovem italiano Andrea Dovizioso, e estando agora a 11 pontos atrás do líder Dani Pedrosa.

Tags:
MotoGP, 2005, betandwin.com GRANDE PREMIO DE PORTUGAL

Outras actualizações que o podem interessar ›