Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Ducati ruma à China com grandes expectativas

Ducati ruma à China com grandes expectativas

Ducati ruma à China com grandes expectativas

A Ducati Marlboro Team ruma à República Popular da China esta semana com o moral em alta depois das recentes performances apresentadas no GP de Portugal, onde Checa garantiu o primeiro resultado da temporada na primeira linha da grelha de partida e esteve muito perto de concluir a corrida no quarto posto apesar dos laivos de chuva que se fizeram sentir.

Checa e Capirossi começaram a temporada com lesões, mas deverão estar ambos a 100% em Xangai, onde têm grandes esperanças de regressar aos lugares da frente no primeiro GP da China de MotoGP.

A impressionante prova de Carlos Checa que o levou a concluir em quinto lugar uma corrida com condições climatéricas pouco favoráveis no Estoril foi prova do seu rápido aumento de ritmo com a Desmosedici GP da Ducati Marlboro. O espanhol já tinha mostrado excelente forma na qualificação, arrecadando o terceiro melhor tempo a apenas 0,254s da pole. Checa lutou muito bem ao longo de toda a corrida, recuperando de um mau arranque para chegar a rodar em 4º, mas acabou por concluir a jornada portuguesa em quinto.

"Podemos considerar o quinto lugar um resultado positivo", disse Checa, que rodou ainda com dores no ombro esquerdo que deslocou nos testes de pré época.

"Agora só queremos continuar a andar em frente. Estou a conhecer mais a moto em todas as corridas e Xangai será especialmente interessante porque é uma nova pista, por isso estaremos todos em pé de igualdade. Vi algumas voltas da corrida de F1 do ano passado e pista parece impressionante. Mas no final de contas as pistas são todas iguais – apenas rectas e curvas!"

"Estou ansioso pela minha primeira visita à China. Sempre gostei de viajar e conhecer novas culturas. Espero que haja muita gente, parece que todos andam de moto na China, por isso espero que consigamos entreter todos".

O colega de equipa Loris Capirossi também teve difícil início de temporada, alinhando nas duas primeira provas da época, os GP's de Espanha e Portugal, com uma fractura no tornozelo esquerdo. Mas o homem da Ducati Marlboro diz que deverá estar a 100% para a China.

"A moto está a trabalhar muito bem agora, por isso estou desejoso por correr fisicamente a 100%", diz Capirossi. "Estamos a fazer muitos progressos, a trabalhar nas suspensões, mapeamento do motor e desenvolvimento dos pneus. Creio que dentro de pouco tempo estaremos outra vez nos lugares da frente"

"Xangai deve ser um fim-de-semana incrível. Vi a corrida de F1 do ano passado na TV e a pista parece interessante. Dá a ideia de ser muito diferente de outras pistas em que corremos, só espero que o piso seja bom. A primeira curva parece muito estranha – é muito, muito longa, por isso será quase como rodar numa rotunda".

"Sempre gostei de novas pistas e este ano temos três – Xangai, Istambul e Laguna Seca. Já estive em Laguna Seca antes, mas apenas rodei nas 125 e 250cc, por isso será mesmo uma pista nova com uma máquina de MotoGP".

Com este fim-de-semana a representar a primeira visita de MotoGP ao circuito de Xangai, a pista é uma novidade para todos os pilotos. Com os primeiros recordes ainda por estabelecer, e com todos os mistérios de Xangai por conhecer, deverá ser uma jornada muito interessante.

"É uma prova mesmo muito interessante", diz Livio Suppo, responsável pelo projecto de MotoGP da Ducati Marlboro. "O MotoGP nunca esteve na China antes, é um país fascinante, com uma história incrível e um futuro excitante. Contudo, é difícil prever o final desta corrida porque nenhuma equipa de MotoGP já lá esteve".

"Tudo o que sabemos é que Xangai é uma pista impressionante, com estruturas colocais e uma pista de aspecto muito interessante. Estamos desejosos pela prova porque os nossos dois pilotos gostam de conhecer novos traçados: o Carlos fez a pole no Qatar no ano passado e o Loris é sempre muito rápido a conhecer os circuitos".

Tags:
MotoGP, 2005, TAOBAO.COM GRAND PRIX OF CHINA

Outras actualizações que o podem interessar ›