Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Makoto Tamada não participa no GP da Cinha

Makoto Tamada não participa no GP da Cinha

Makoto Tamada não participa no GP da Cinha

A equipa Konica Minolta Honda anunciou que Makoto Tamada não vai alinhar no Grande Prémio da China do próximo domingo devido à fractura do escafoide da mão direita.

A lesão de Tamada foi contraída aquando da queda na qualificação para o Grande Prémio de Portugal, no Estoril. O nipónico já havia falhado a prova portuguesa, mas esperava-se que estivesse apto para a estreia da China no Mundial de MotoGP.

Um primeiro exame médico indicou que Tamada tinha apenas uma inflação nos ligamentos e cartilagem, mas exames levados a cabo posteriormente, depois de continuadas queixas por dores, deram a conhecer a fractura. O piloto japonês vai ser operado hoje no Showa University Northen Yokohama Hospital, no Japão. Tamada poderá ficar fora das pistas durante cerca de três semanas.

Para ocupar o lugar do nipónico na corrida de domingo, a Konica Minolta Honda vai contar com os serviços do piloto Ducati Jurgen van den Goorbergh, enquanto Tamada espera recuperar o mais depressa possível.

"Tentei até ao último momento, mas quando temos dores como as que sinto não há nada a fazer. Vou ser operado hoje à mão direita e espero ter uma recuperação o mais curta possível. Vou tudo o que puder para estar à disposição da equipa no próximo Grande Prémio em Le Mans. Desejo boa sorte ao Jurgen e à equipa para este fim-de-semana".

Apesar de contar com os serviços de Jurgen para este fim-de-semana, o Director Desportivo da Konica Minolta Honda mostrou-se triste por Tamada não correr.

"É uma grande pena para nós e principalmente para o Makoto que se queria redimir deste arranque de temporada. Depois do último exame médico foi proibido de correr e hoje será operado à mão direita. Ele queria mesmo estar presente em Xangai, mas agora terá de se concentrar a 100% na reabilitação porque para nós trata-se de um piloto que só agora teve a oportunidade de começar a mostrar o seu verdadeiro potencial. Mas este tipo de coisas acontecem no mundo das corridas".

"A equipa agradece a confiança da Honda e da Konica Minolta que não se recusaram a estar presentes no Grande Prémio da China, optando antes por direccionar as esperanças para o experiente Jurgen van den Goorbergh. Acredito que o Jurgen tem a competência e motivação necessárias para fazer todos os esforços para um bom resultado. Da nossa parte faremos o melhor para uma rápida adaptação do piloto à potência da RC211V".

"É claro que numa categoria tão exigente como MotoGP não será fácil. Mas o circuito é novo para todos e se trabalharmos muito nas quatro sessões de treinos que antecedem a corrida podemos fazer boa prova na terceira jornada do Mundial de MotoGP de 2005".

Jurgen van den Goorbergh – que correu no Mundial de SBK de 97 a 2002 e que já alinhou nas 500cc com uma Honda NSR 500cc – estava excitado com a opotunidade de participar nas próximas corridas.

"Nem acredito. Estou muito entusiasmado e graças à Konica Minolta Honda estou de regresso à categoria rainha do motociclismo para correr contra os melhores pilotos do mundo. É um desafio totalmente novo para mim. Já pilotei uma 500cc e estive muitos anos em Supersport, por isso considero-me capaz de levar a Honda RC211V a bons resultados".

"Vai ser a primeira vez para todos os pilotos nesta pista e considero que é positivo para mim. É certo que não vou ter muito tempo para me adaptar à moto, mas vamos ver como correm as coisas na prova".

Tags:
MotoGP, 2005, TAOBAO.COM GRAND PRIX OF CHINA, Makoto Tamada

Outras actualizações que o podem interessar ›