Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Biaggi longe de estar satisfeito com o quinto lugar de Xangai

Biaggi longe de estar satisfeito com o quinto lugar de Xangai

Biaggi longe de estar satisfeito com o quinto lugar de Xangai

O primeiro GP da China que teve lugar este domingo representou uma oportunidade para várias equipas e pilotos fazerem história ao conquistarem a impressionante pista de Xangai. As coisas não correram da melhor forma para a Repsol Honda Team e os pilotos Max Biaggi e Nicky Hayden.

Depois de chegar à China com um pódio obtido no Estoril duas semanas antes, parecia que Max Biaggi havia feito alguns progressos e que se preparava para um com resultado na China.

Apesar do italiano ter recuperado algumas posições, depois de largar da 14ª posição da grelha, não conseguiu o resultado que ele e a sua equipa estavam à espera. Acabou por cruzar a linha de meta de uma corrida marcada pela chuva em quinto lugar, um resultado que o piloto não aceita tanto mais que partiu para a corrida com o intuito de ganhar.

"Com a chuva, os nosso problemas de afinação e o 14º tempo de qualificação, as coisas poderiam ter sido muito piores," disse o italiano. "Mas não posso ficar contente com o quinto lugar. Não é para isso que a HRC e eu estamos aqui.

"Certamente que, com a chuva o peso do piloto é muito maior e eu pude diminuir a desvantagem técnica entre mim e os outros pilotos durante algumas voltas. Mas com estes problemas fui obrigado a dar o máximo e a correr riscos que foram além do aceitável. Daí o facto de ter abrandado a meio da corrida. Não estamos bem, nada mesmo. Devemos melhorar muito e rapidamente."

Para o seu colega de equipa, Nicky Hayden, tudo se resumiu a uma questão de mecânica. Hayden largou relativamente bem de quinto e estava a bom ritmo. Ele fez um forçing no final mas foi alvo de alguns problemas mecânicos, forçando-o a diminuir o ritmo e a garantir que pelo menos cruzava a linha de meta.

"Foi uma corrida muito complicada nesta condições, disse um desalentado americano. A largada foi relativamente boa mas nas primeiras voltas não consegui subir posições. Consegui depois aumentar o ritmo e ultrapassar alguns pilotos. No final, quando estava ao ataque tive alguns problemas com a moto.

"A moto começou a vibrar um pouco e perdi alguns lugares no final. Nas últimas voltas apenas queria manter-me encima da moto e acabar a corrida e com isso somar alguns pontos. E foi o fizemos. Devemos aprender e seguir em frente."

Tags:
MotoGP, 2005, TAOBAO.COM GRAND PRIX OF CHINA, Max Biaggi

Outras actualizações que o podem interessar ›