Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner estabelece recorde da volta em Le Mans

Stoner estabelece recorde da volta em Le Mans

Stoner estabelece recorde da volta em Le Mans

Após concluir o Grande Prémio Alice de França na quarta posição, Casey Stoner mostrou que é um piloto a ter em conta ao estabelecer um novo recorde, oficioso, ao circuito naquele que foi o seu segundo dia de testes em Le Mans.

Depois de já ter conseguido um tempo de 1m37,1s na segunda-feira, o australiano da Carrera Sunglasses – LCR, que venceu a segunda e terceira rondas da temporada, mostrou novamente que é um piloto a ter em linha de conta para a conquista do título ao registar um novo recorde da volta em Le Mans com um crono de 1m36,920s.

O anterior recorde era pertença de Dani Pedrosa conseguido em 2004 e era de 1m37,123s. Embora Stoner tenha sempre sido rápido esta temporada, colocando muita pressão a Pedrosa, sempre teve muito respeito pela consorrência.

"Tudo está a ir no melhor caminho possível," disse Stoner. "A equipa está a fazer um trabalho fantástico, a moto é muito competitiva e eu sinto-me a 100%. No passado domingo o meu objectivo era conseguir um pódio mas os três primeiros estavam muito fortes no final da corrida que optei por manter a posição.

"De todas as formas o quarto lugar é um resultado muito bom, em especial no que toca ao Campeonato do Mundo. Nestes dois dias testámos motor e chassis. O tempo veio facilmente e estou muito satisfeito. Ainda assim sei que terei de estar muito concentrado porque sei que a concorrência não anda a dormir."

A equipa Apilia Aspar também ficou em Le Mans para a sessão de testes, ainda que Sebastian Porto tenha ido directamente para a Argentina após o primeiro dia para passar algum tempo em casa. Porto deixou Le Mans satisfeito com os resultados que obteve na sessão de testes de segunda-feira.

"O teste de segunda-feira correu muito bem," disse Porto. "Testámos novas soluções que me agradaram, mas precisamos de continuar a testar e melhorar. Durante a manhã não pudemos rodar devido á pista molhada, mas à tarde conseguimos realizar algumas voltas e os testes correu bem.

"Agora vou para a Argentina para descansar e passar algum tempo com a família, estou apenas concentrado no próximo GP.O início da temporada não me tem sido muito favorável mas sinto que a nossa sorte vai mudar em Itália porque vamos correr num circuito da Aprilia."

O colega de equipa de Porto, Randy de Puniet terminou o GP de França em segundo depois de travar uma batalha pela vitória com Pedrosa. Depois de um fim-de-semana épico, o Francês sentiu a pressão nos testes após a corrida.

"Foram testes difíceis, em especial após um GP. Dois dias com imenso trabalho para fazer são difíceis para qualquer um. De todas as formas, completei 140 voltas em dois dias e dei o meu melhor. Alterámos um pouco o motor e a electrónica e o resultado foi positivo.

Ontem consegui realizar a minha melhor volta com um pneu de qualificação e hoje passei o dia a trabalhar a afinação. Ainda temos de melhorar a moto, mas cada vez me sinto mais confidante com a moto e com a equipa."

Tags:
MotoGP, 2005, GRAND PRIX ALICE DE FRANCE, Casey Stoner

Outras actualizações que o podem interessar ›