Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Paul Denning: "Esperamos ter deixado o azar para trás"

Paul Denning: 'Esperamos ter deixado o azar para trás'

Paul Denning: "Esperamos ter deixado o azar para trás"

O final da temporada de 2004 trouxe alterações na direcção do Team Suzuki MotoGP com a saída do Director Desportivo Gary Taylor depois de servir a formação ao longo de 20 anos, sendo substituído pelo responsável das SBK inglesas, Paul Denning.

Denning – um dos mais jovens Directores Desportivos de MotoGP com apenas 38 anos – juntou-se à Suzuki depois de positiva temporada de 2004 em que levou a Rizla Suzuki à vitória no Campeonato Inglês de SBK.

Tal situação deu novo alento ao Team Suzuki MotoGP que vinha a deparar-se com dificuldades desde o triunfo de Kenny Roberts em 2000 e esperava-se que Denning trouxesse nova dinâmica e alento à equipa – um incentivo que levou John Hopkins a renovar o contrato com a marca para 2005.

Com quarto GP de MotoGP já decorridos, Denning tem trabalhado muito para mudar o rumo da equipa. A formação fez alguns progressos positivos com a moto e os dois pilotos têm brilhado nas sessões de testes e treinos de qualificação. Contudo, e apesar dos desenvolvimentos, os pilotos ainda não conseguiram os obter resultados que desesperadamente precisam. Depois de um conjunto de azares provocados por mau tempo e problemas mecânicos, Paul Denning fala da sua mudança para o MotoGP e do rumo a seguir pela equipa para mudar.

P: Como foi a transição das SBK para o MotoGP?

R: Não foi muito difícil – é basicamente o mesmo, mas numa escala maior, especialmente no que toca à logística. A Suzuki tem sido fantástica, tem-nos dado muito apoio e tem sido muito fácil trabalhar com a equipa. O mais difícil tem sido mesmo o tempo nas últimas corridas – até o tempo inglês consegue melhor.

P: Desde o início da temporada temos vistos os dois pilotos a andar bem nos treinos, mas tal não tem acontecido nas corridas – qual tem sido o principal problema?

A: Até ao momento os pilotos têm mostrado mais potencial que em 2004 – mas infelizmente os resultados têm sido os mesmos. Um dos problemas tem sido a falta de tempo para testar as motos como deve ser depois de fazermos alguns ajustamentos.

P: Qual é o plano da equipa para mudar?

R: Temos de melhorar! Tivemos azar com o Kenny em Xangai e com o John em Le Mans quando foi obrigado a largar do pit lane depois de problemas com o motor – temos de seguir em frente! Temos estado a trabalhar na moto e fizemos desenvolvimentos positivos. Esperamos que comecem a dar frutos em breve.

P: Em que pontos da moto se têm concentrado?

R: Testámos novo chassis em Le Mans e gostámos; mas não nos estamos a concentrar apenas em um ou dois aspectos da moto, antes no pacote como um todo. Quanto aos pneus, os Bridgestone estão a funcionar bem para nós.

P: Podemos esperar um regresso do Team Suzuki MotoGP em Mugello para o GP de Itália?

R: Não tenho a certeza quanto ao regresso, mas nunca se sabe. O John liderou no início da corrida de Xangai; depois escorregou devido à água. O Kenny estava a liderar a corrida quando teve problemas de motor – por isso, quem sabe o que poderá acontecer lá. É claro que esperamos progredir em Mugello, ao menos chegar ao pé dos outros. Vamos esperar que o nosso azar tenha terminado, bem como a chuva de Le Mans!.

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›