Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Michelin, 30 anos no MotoGP – Parte IV

Michelin, 30 anos no MotoGP – Parte IV

Michelin, 30 anos no MotoGP – Parte IV

Os dois primeiros títulos do Século 21 foram reclamados por filhos de antigos vencedores de Grandes Prémios, um do Novo Mundo e o outro do Velho Continente. Kenny Roberts (Telefónica Movistar Suzuki RGV500) e Valentino Rossi (Nastro Azzurro Honda NSR500) abriram a nova era vitórias para os pneus Michelin, com Rossi a fazer história ao reclamar o último ceptro das 500cc em 2001 e os primeiros três títulos de MotoGP de 2002 a 2004.

A introdução das 4 tempos em 2002 marcou o início de nova era onde vários protagonistas do Campeonato levaram a cabo tremendas melhorias tecnológicas. A Michelin utilizou o inovador processo de fabricação conhecido como C3M pela primeira vez no motociclismo. Dos 190cv disponibilizados pelas 500cc a 2 tempos, as primeiras máquinas de MotoGP de 990cc chegavam aos 230cv – e as mais recentes motos a 4 tempos entregam 250cv! Graças ao trabalho da Michelin, os pilotos podem tirar o máximo partido destas potências sem destruírem os pneus ou comprometer a sua aderência e consistência.

"Em 2001, quando testámos as 4 tempos pela primeira vez, os pneus desenhados para as 500cc não suportavam mais que cinco voltas", explicou Rossi. "A Michelin fez grande esforço para desenvolver novas borrachas".

Ao longo de 29 anos de constantes inovações, a Michelin somou 323 vitórias e 24 títulos. Invencível na década passada, a Michelin conquistou o 13º título consecutivo no ano passado. A temporada de 2005 parece estar a dar continuidade a esta tradição de excelência com o fabricante francês a contar já com triunfos nos quatro primeiros Grandes Prémios do ano.

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›