Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mamola possibilitou emoções fortes em Mugello

Mamola possibilitou emoções fortes em Mugello

Mamola possibilitou emoções fortes em Mugello

O Grande Prémio Alice de Itália do passado fim-de-semana permitiu que vários convidados experimentassem as emoções do MotoGP ao terem sido convidados a dar uma volta ao circuito na Ducati Demosedici bi-lugar pilotada por Randy Mamola.

O piloto da Red Bull F1, Tonio Liuzzi, foi um dos privilegiados, juntamente com a Miss Itália, Cristina Chiabotto e Nelson Piquet Junior,outra grande esperança do mundo do automobilismo.

Confiante que Liuzzi e Piquet estavam à altura de uma experiência a alta velocidade, Mamola levou a Ducati aos limites. "A única vez em que andei ainda mais rápido foi quando andei com o Luca Cadalora, um ex Campeão do Mundo de 250cc," disse Mamola, que venceu 13 GPs na sua carreira.

Liuzzi estava satisfeitíssimo com esta experiência em MotoGP. "Adoro a adrenalina e esta foi uma experiência inesquecível," disse o italiano de 24 anos de idade. "É uma loucura diferente da F1. Simplesmente fantástica. É impressionante o que estes tipos fazem com uma moto, especialmente quando a linha que separa o andar rápido de uma acidente é tão pequena! A forma como o Randy controla a moto, travando muito tarde nas curvas, e depois deixando a moto derrapar à saída é incrível. Estávamos tão deitados que senti como se a minha cara estivesse no chão, e o vento era tanto nas rectas que pensei que íamos levantar voo. Agora que sei o gozo que uma moto nos pode dar vou comprar uma!"

A Miss Itália reconhece que esta experiência irá ficar para sempre marcada na sua memória. "Foi uma emoção incrível, mesmo melhor do que estava à espera, algo que nunca irei esquecer," disse Chiabotto, natural de Turin. "Agradeço á Ducati por esta intensa experiência, e agradeço igualmente ao Randy. Tenho orgulho de poder dizer que já andei com ele numa moto!"

Piquet Junior, de 19 anos, filho do ex Campeão do Mundo de F1, e a participar no Campeonato de GP2 de 2005, estava igualmente satisfeitíssimo com esta experiência. "Saltei de pára-quedas na última semana e pensei que isso já era loucura suficiente mas isto é muito pior!" sorriu. "Só o aguentar-me já foi difícil. Nem sei como é possível andar 15 segundos mais rápido por volta do que o que fizemos."

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMIO ALICE D'ITALIA

Outras actualizações que o podem interessar ›