Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Gibernau larga de pole perante enchente em casa

Gibernau larga de pole perante enchente em casa

Gibernau larga de pole perante enchente em casa

Sete Gibernau fez crescer as esperanças de uma vitória em casa perante 100.000 espectadores no Gauloises Grande Prémio da Catalunha ao estabelecer novo recorde de pole position no traçado de Montmeló este sábado. Com a previsão de uma enchente recorde amanhã no circuito, Gibernau ofereceu o aperitivo perfeito ao dominar no final da sessão de qualificação desta tarde, apresentando conjunto de voltas rápidas onde se incluiu o tempo de 1m42,337s, ficando com 0,053 segundos de vantagem sobre o colega de equipa Marco Melandri, também ele muito forte nos livres.

"Ainda não estou totalmente satisfeito apesar de ter garantido a pole, isto porque ainda não estamos tão competitivos como gostaria", explicou Gibernau, que também largou da pole neste circuito no ano passado. "Basicamente, a moto não parece funcionar bem quando as temperaturas sobrem e isso foi um problema que também sentimos em Mugello. De qualquer forma, é claro que é bom estar na pole quando corro em casa e quero agradecer a toda a equipa e à Michelin pela ajuda. Amanhã vai ser uma longa corrida, mas estou pronto".

Valentino Rossi completou a primeira linha da grelha com o terceiro tempo depois de se ter debatido com problemas de pneus a meio da sessão, admitindo mais tarde "não ter rodado a 100%" na última, e decisiva, volta de qualificação. O colega de equipa de Rossi Colin Edwards também teve algumas dificuldades ao encontrar um grupo de pilotos mais lentos durante o seu assalto às melhores posições da grelha, caindo de um potencial lugar na primeira linha para o sétimo lugar num final totalmente imprevisível.

Max Biaggi ficou sem tempo ao tentar uma troca de pneu tardia no final da sessão, regressando à pista com a bandeira de xadrez estava a ser preparada para ser mostrada na linha de meta. Contudo, o italiano está satisfeito por não ter caído além do quarto lugar da grelha numa prova onde vai tentar continuar a mostrar resultados positivos como em Mugello depois de um arranque de temporada menos bom.

O colega de Biaddi na Honda, Nicky Hayden, e Loris Capirossi, que levou a Ducati à sua única vitória em MotoGP neste circuito há dois anos, também ficaram na segunda linha ao tirarem vantagem do azar de Edwards, passando para quinto e sexto, respectivamente. Carlos Checa e Alex Barros juntam-se a Edwards na terceira linha, enquanto a quarta conta com a presença de Makoto Tamada, John Hopkins e Shinya Nakano. David Checa, que substituiu hoje o lesionado Toni Elias na Yamaha, qualificou-se em 18º.

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMI GAULOISES DE CATALUNYA, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›