Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi vence quinta corrida em seis já disputadas

Rossi vence quinta corrida em seis já disputadas

Rossi vence quinta corrida em seis já disputadas

Valentino Rossi continuou o seu incrível início do Campeonato do Mundo de 2005 de MotoGP ao obter a sua quinta vitória, em seis rondas já disputadas, no Grande Prémio Gauloises da Catalunha este domingo. Com um recorde de público a assistir - 105,698 fãs – na pista de Montmeló nos arredores de Barcelona, o favorito da casa, Sete Gibernau, nada pode fazer para evitar o ataque do Campeão do Mundo a três voltas do final da prova. Rossi que, com este ataque, acabava também por bater o recorde do circuito por mais de 1,5 segundos e abria uma confortável vantagem para o espanhol até ao cruzar da linha de chegada.

"Realizar a volta mais rápida a apenas três do final numa pista como esta é algo de fantástico – foi quase dois segundos mais rápida do que a melhor volta do ano passado e mostra o excelente trabalho que a Michelin tem vindo a fazer em termos de resistência de pneu," explicou Rossi, que corria em frente a um público maioritariamente espanhol pela primeira vez desde a controversa manobra de ultrapassagem na última curva que realizou a Gibernau na ronda inaugural da temporada em Jerez.

"Estava um pouco preocupado antes do fim-de-semana sobre a reacção do público mas fiquei muito contente com a recepção que tive. Mostra que os fãs das motos são do que melhor que há, em especial aqui em Espanha, onde há sempre muita pressão. A vantagem que temos na Campeonato permite que a equipa trabalhe sem pressão e estamos a ter muita satisfação no que estamos a fazer, o que também é uma motivação extra para mim."

Marco Melandri continua em segundo no Campeonato, 58 pontos atrás de Rossi, depois de conseguir o terceiro lugar pela segunda temporada consecutiva nesta pista. O jovem italiano chegou a liderar a corridas nos instantes iniciais da corrida e esteve envolvido numa interessante batalha nas últimas voltas com os colegas da Honda Alex Barros e Nicky Hayden, que se viram forçados a quedarem-se pelo quarto e quinto posto, respectivamente.

Max Biaggi fez o melhor que pode para se envolver na luta pelos lugares da frente faz ficou ainda um pouco longe do seu colega de equipa, Hayden, em sexto lugar. Biaggi não consegue assim dar continuidade ao bom resultado que conseguiu na corrida de Mugello, quando foi segundo. Biaggi continua em terceiro no Campeonato do Mundo, com mais quatro pontos do que Gibernau e menos dez do que Melandri.

Colin Edwards realizou uma corrida solitária em sétimo lugar ao sentir problemas com os pneus nos instantes finais da corrida, ainda que nessa altura já estivesse longe de uma luta por posições que envolveu Troy Bayliss, Shinya Nakano e Ruben Xaus. O par da Ducati, Carlos Checa e Loris Capirossi também faziam parte desse grupo mas caíram dramaticamente na segunda metade da corrida, quando também eles tiveram problemas de pneus numa sempre complicada pista espanhola, tanto mais que o calor fez-se sentir.

David Checa terminou em 13º lugar, apenas 3.5 segundos atrás do seu irmão Carlos naquele que foi apenas a sua segunda corrida em MotoGP. O desempenho de Checa é ainda mais impressionante já que o piloto não participou no primeiro dia de treinos devido à decisão de Toni Elias, que ainda tentou participar nos treinos mas a dor intensa que sentia no pulso não permitiu, tendo decidido não participar na corrida na sexta-feira à noite. As últimas posições com direito a pontos couberam a Roby Rolfo e Kenny Roberts.

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMI GAULOISES DE CATALUNYA, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›