Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Duplo pódio agridoce para a Movistar Honda

Duplo pódio agridoce para a Movistar Honda

Duplo pódio agridoce para a Movistar Honda

Os dois pilotos da Movistar Honda terminaram no pódio, ontem, no Gauloises Grande Prémio da Catalunha, com Sete Gibernau a garantir o segundo posto à frente de Marco Melandri. Uma performance que se poderia considerar um grande resultado para o 150º GP da equipa de Fausto Gresini caso Rossi não tivesse batido Gibernau nos momentos finais da corrida.

"A equipa fez um grande trabalho e senti-me sempre bem com a moto", disse Gibernau. "Marquei bom ritmo nas voltas iniciais, o que me deu alguma vantagem e permitiu-me liderar a maior parte da corrida".

"Quando faltavam oito voltas para o final o lado esquerdo estava a escorregar demais e não fui capaz de manter o ritmo", explicou o espanhol, que a três voltas do fim foi despromovido para segundo por Rossi. "Estou desapontado pelos meus fãs que me deram grande apoio todo o fim-de-semana, mas tenho a certeza que se divertiram com a corrida e com todo o espectáculo".

O colega de equipa Marco Melandri viu-se envolvido numa luta a três pelo terceiro posto com Alex Barros e Nicky Hayden acabando por terminar à frente dos colegas de fábrica.

"Foi uma corrida difícil, mas incrível. Consegui fazer bom arranque e tentei manter-me com os pilotos da frente nas primeiras voltas", disse o italiano que mantém o segundo lugar no campeonato com 87 pontos, menos 58 que Rossi. "Estive com bom ritmo e consegui mesmo liderar durante algumas voltas, mas depois alarguei uma trajectória e o Nicky Hayden passou-me, tal como o Barros e caí para quinto. A luta pelo terceiro posto com o Hayden e o Barros fez-me perder o contacto com os dois primeiros e nunca mais consegui recuperar terreno".

"Mesmo assim, estou muito contente com o terceiro lugar. Hoje ganhei uma batalha pessoal – o meu ritmo de corrida foi bastante melhor que o de Mugello e o pódio confirma que estamos constantemente a melhorar. Quero agradecer a toda a equipa, ao Fausto e à Michelin que me ajudou muito na escolha de pneus para a corrida".

Tags:
MotoGP, 2005, GRAN PREMI GAULOISES DE CATALUNYA

Outras actualizações que o podem interessar ›