Compra de bilhetes
VideoPass purchase

No ano passado em Assen

No ano passado em Assen

No ano passado em Assen

Numa intensa corrida no GP Gauloises TT Assen, Valentino Rossi saiu vitorioso de um duelo até à ultima volta com Sete Gibernau. Desta forma, o italiano roubou a liderança do Campeonato do Mundo de MotoGP ao espanhol com seis rondas ainda por disputar. Carlos Checa liderou nos instantes iniciais mas foi engolido pelo pelotão logo após uma volta. Nessa altura os dois primeiros do Mundial lutaram pela liderança da corrida, até que Alex Barros roubou o segundo lugar de Rossi na 11ª volta, tendo no entanto sofrido uma queda instantes depois, no final da recta.

Uma situação que ajudou Gibernau a abrir uma pequena vantagem sobre Rossi, vantagem que manteve até à última volta, quando o italiano realizou uma agressiva manobra de ultrapassagem na curva Stekkenwal. Na sequência da ultrapassagem, Rossi perdeu momentaneamente o controlo sobre a frente da moto na direita apertada de Mandeveen, o que fez com que Gibernau fizesse embater a roda da frente da sua Honda no pneu traseiro da Yamaha. Ironicamente, o problema de Rossi foi o momento decisivo na corrida já que desta forma abriu uma confortável vantagem no topo da classificação geral.

Marco Melandri teve um desempenho impressionante acabando em terceiro a corrida, naquele que foi o seu Segundo pódio em corrida consecutivas e depois de apenas dez após ter sido submetido a uma cirurgia ao braço direito. O jovem italiano lutou bravamente para se suplantar ao seu compatriota mais experiente, Max Biaggi, nas duas últimas voltas depois de cometer um erro ao falhar a chicana numa altura em que estava a forçar o andamento para ver se conseguia chegar ao duo da frente.

Com Biaggi a ser quarto, Nicky Hayden acabou em quinto depois de uma soberba recuperação desde 16º na grelha, tendo inclusive incomodado o par de italianos pelo último lugar do pódio. O compatriota e colega na Honda de Hayden, Colin Edwards, terminou a menos de um segundo, enquanto que o homem da Ducati, Ruben Xaus, continuou a dar nas vistas ao ser sétimo.

O início fulgurante de Checa foi ficando sem chama durante a corrida na medida em que o piloto estava com problemas de aderência no pneu traseiro, O colega de Rossi na Yamaha caiu quatro lugares nas últimas seis voltas terminando em nono atrás de Loris Capirossi com a sua Ducati. Neil Hodgson, que havia arrecado o título das World Superbike naquele mesmo circuito um ano antes, usou bem o seu bom conhecimento do traçado, ao obter o seu primeiro lugar no top ten.

Tags:
MotoGP, 2005, GAULOISES TT ASSEN

Outras actualizações que o podem interessar ›