Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden na frente no regresso do MotoGP a Laguna Seca

Hayden na frente no regresso do MotoGP a Laguna Seca

Hayden na frente no regresso do MotoGP a Laguna Seca

O Campeonato do Mundo de MotoGP regressou à Mazda Raceway Laguna Seca pela primeira vez em mais de uma década hoje com a realização dos primeiros treinos livres do Red Bull Grande Prémio dos EUA perante uma grande multidão. Com os bilhetes para a qualificação de amanhã e para a corrida de domingo já esgotados, o dia de hoje foi uma oportunidade para milhares de fãs verem os melhores motociclistas do mundo em acção num circuito lendário.

Os entusiastas locais não ficaram, certamente, desapontados com o favorito da casa Nicky Hayden a estabelecer o melhor tempo na sessão de treinos livres da tarde depois de conceder a superioridade ao compatriota John Hopkins na sessão dupla da manhã com uma duração de uma hora e 50 minutos. O tempo de 1m24,228s de Hayden foi suficiente para relegar Troy Bayliss para segundo por 0,223 segundos depois do australiano ter dominado grande parte da sessão, com Max Biaggi e Alex Barros a concluírem um Top 4 de máquinas Honda.

"É bom ser o mais rápido em casa – mesmo muito bom", disse Hayden. "O fim-de-semana começou da melhor forma. A moto está a funcionar bem e fizemos uma boa previsão da afinação. Laguna está mais ou menos como me lembrava, apesar de já não correr aqui há três anos. Parece um pouco mais pequena numa máquina de MotoGP, a recta parecia-me mais longa, mas agora é muito curta! Estou a gostar muito de estar aqui com os meus irmãos e amigos, por isso espero que o fim-de-semana continue assim".

Hopkins foi aumentando o ritmo e melhorou o tempo durante a tarde, mas acabou por cair para quinto na tabela de tempos combinados com o compatriota Colin Edwards também a apresentar bom andamento com o sexto tempo. Sete Gibernau foi o piloto mais rápido de entre os que não tinham experiência em Laguna Seca, rodando apenas a 0,574 segundos de Hayden e garantindo o sétimo resultado no final do dia.

Contudo, foi um primeiro dia difícil para o colega do espanhol Marco Melandri que sofreu espectacular queda na zona do "Saca-rolhas" e teve a sorte de sair apenas com algumas contusões no tornozelo e pulso. A queda do italiano teve lugar no final da primeira parte da sessão da manhã e acabou por já não alinhar nos restantes 50 minutos enquanto era examinado na Clínica Móvel. Mas da parte da tarde voltou à pista e garantiu o oitavo crono.

Os esforços de Melandri acabaram por ser eclipsados pelo compatriota Valentino Rossi que lidera o Campeonato com 63 pontos de vantagem sobre o homem da Honda. Rossi, que já venceu seis das sete corridas disputadas este ano, foi o nono mais rápido na sua primeira visita a Laguna Seca aos comandos de uma M1 com as cores da Yamaha EUA.

Enquanto o piloto da Ducati Carlos Checa completava o Top 10, o seu colega de equipa Loris Capirossi terminou em 16º depois de também sofrer algumas náuseas, dores de cabeça e febre após algumas voltas durante a sessão da tarde. O italiano foi tratado na Clínica Móvel devido a gastroenterite, apesar dos médicos não terem a certeza do que motivou o problema. A clínica médica do MotoGP também examinou Ruben Xaus e Franco Battaini, ambos a saírem ilesos de quedas.

Tags:
MotoGP, 2005, RED BULL U.S. GRAND PRIX, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›