Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden vence e convence no regresso do MotoGP aos EUA

Hayden vence e convence no regresso do MotoGP aos EUA

Hayden vence e convence no regresso do MotoGP aos EUA

Nicky Hayden esteve ao mais alto nível no primeiro Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos 11 anos depois da última visita das estrelas do Campeonato do Mundo a terras do "Tio Sam". Depois de dominar as sessões de treinos, averbar magnífica pole position e assinar a volta mais rápida na corrida, o piloto de 23 anos não só averbou o primeiro triunfo da carreira de Grandes Prémios, como ofereceu à Honda a primeira vitória em Laguna Seca e tornou-se apenas no segundo piloto esta temporada a conseguir bater o piloto da Gauloises Yamaha Valentino Rossi, enquanto Colin Edwards se tornou no terceiro ao reclamar o segundo lugar em casa.

O jovem de Kentucky tirou o melhor partido da pole position, assumindo a liderança de imediato para não mais a perder, construindo confortável vantagem ao longo das 32 voltas ao circuito de Laguna Seca para concluir a oitava jornada da época com tranquilidade enquanto atrás de si se viviam momentos emocionantes nas lutas pelo os segundo e terceiro lugares.

O líder do Campeonato Valentino Rossi largou de segundo, mas desde logo começou a sentir a pressão por parte do seu colega de equipa Colin Edwards que, ao cabo 16 voltas, acabou por subir uma posição e ganhar significativa vantagem de imediato. O ritmo de Edwards foi tal que chegou mesmo a haver momentos em que se pensou que poderia atacar a liderança, mas o facto de se ter desenvencilhado de Rossi já um pouco tarde fez com que não conseguisse os necessários argumentos para atacar o seu compatriota.

Enquanto isso, Valentino Rossi via Max Biaggi fazer-lhe sobra na corrida pelo mais baixo do pódio. Biaggi, que tinha largado do sétimo posto da grelha, fez excelente largada para assumir o quarto lugar. Contudo, uma pequena distracção fez com que descesse uns furos na tabela de tempos para, depois de interessante luta com Sete Gibernau ao longo de seis voltas, regressar ao quarto lugar em que acabou por concluir neste seu regresso a Laguna Seca depois de ter sido segundo na última corrida de 250cc em 1994.

Já Sete Gibernau redimiu-se do que se estava a figurar como um péssimo fim-de-semana. Após fracos resultados nos treinos e péssima qualificação em 13º da grelha, o espanhol da Telefónica Movistar Honda logrou terminar no quinto lugar.

Muito azar tiveram Marco Melandri, Alex Barros e Carlos Checa. Melandri sofreu a terceira queda do fim-de-semana logo na última curva da primeira volta, aliás, tal como Alex Barros. Já o piloto da Ducati Marlboro conseguiu manter-se em pista mais algum tempo, mas acabou por cair no final da recta da meta após a entrada na oitava volta.

Tags:
MotoGP, 2005, RED BULL U.S. GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›