Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Melandri e Gibernau ansiosos pelo GP de Inglaterra

Melandri e Gibernau ansiosos pelo GP de Inglaterra

Melandri e Gibernau ansiosos pelo GP de Inglaterra

Com as primeiras oito corridas já realizadas, o Team Movistar Honda MotoGP apresenta sete pódios e dois pilotos entre os cinco primeiros do campeonato. Marco Melandri é segundo com 107 pontos e Sete Gibernau quarto, a apenas cinco pontos do terceiro lugar de Max Biaggi.

Marco Melandri, que vive perto de Donington, está desejoso pelo betandwind.com Grande Prémio de Inglaterra do próximo fim-de-semana, já que é uma oportunidade de se vingar do acidente na primeira volta em Laguna Seca.

"Donington é algo especial, caracterizado por uma zona rápida muito excitante e por uma segunda parte mais lenta. Graças ao novo asfalto colocado no ano passado a pista melhorou muito e agora tem muito mais aderência. A zona onde são tirados os dois primeiros tempos intermédios é a que mais gosto: a descida e depois a subida à esquerda. É adrenalina total e requer muitas capacidades", explica Melandri.

"Os melhores pontos para ultrapassar são as três curvas lentas no final da pista. O segredo para um bom tempo por volta em Donington Parka está, primeiro, na determinação – especialmente porque precisamos de velocidade para a Craner (a descida) com os pneus de qualificação! Também é preciso ser suficientemente flexível para nos adaptarmos às características da pista, estar preparados para passar das zonas rápidas para as lentas. O segredo, basicamente, está em encontrar o compromisso certo entre fortes travagens e comportamento suave".

"De certa forma Donington é a minha segunda casa, já que vivo a menos de três quilómetros da pista. Mesmo assim é uma atmosfera diferente quando comparada com Mugello. É bom ver que o número de espectadores continua a crescer ano após ano, sinal claro do maior interesse dos ingleses no MotoGP, mas ainda estamos muito longe da paixão italiana! A minha melhor lembrança desta pista é, sem dúvidas, a minha vitória nas 250cc em 2002. A a pior ainda está muito fresca na minha mente: a queda no GP de 2004 na qual parti o polegar: tive de ser operado e acabei por condicionar o resto da temporada".

O seu colega de equipa Sete Gibernau espera difícil desafia na pista inglesa onde subiu ao pódio nos últimos dois anos.

"Não acho a pista nada fácil. A moto tem de estar afinada na perfeição para conseguir suportar as fortes travagens e as descidas. A Craner é muito difícil: não há visibilidade e a mudança de direcção tem de ser feita às cegas. A pista tem duas zonas distintas, a primeira rápida e a segunda lenta com muitas travagens", diz o espanhol.

"A minha zona favorita são as duas últimas curvas, tradicionalmente local de espectaculares ultrapassagens. Porque está muito perto do aeroporto de East Midlans a pista é muito escorregadia por causa das descargas de combustível dos aviões. Felizmente temos asfalto novo que foi posto no ano passado e isso melhor muito a situação".

"A minha melhor memória desta pista é o pódio do ano passado – mas do que me lembro melhor foi do dia de testes depois da corrida. Depois de analisarmos os problemas que tivemos durante a corrida conseguimos grandes resultados na segunda-feira".

Tags:
MotoGP, 2005, betandwin.com BRITISH GRAND PRIX, Marco Melandri

Outras actualizações que o podem interessar ›