Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa fala das suas ambições em MotoGP

Pedrosa fala das suas ambições em MotoGP

Pedrosa fala das suas ambições em MotoGP

Num encontro com os Media esta quarta-feira em Londres, o actual Campeão do Mundo de 250cc, Dani Pedrosa, comentou o seu aguardo ingresso no MotoGP, confirmando que irá para a classe rainha com a Honda na próxima temporada.

Pedrosa, que obteve o seu primeiro título aos 18 anos de idade nas 125cc e um segundo no ano passado, naquela que foi a sua temporada de estreia nas 250cc, é considerado uma das mais promissoras estrelas da competição.

"A Honda escolheu-me por diversas razões. Conquistei títulos e corridas, sou igualmente jovem e rápido e ainda tenho muito para aprender. Acho que estão à espera que eu esteja pronto para poder lutar pelo título de MotoGP," disse Pedrosa, que deu uma volta no "London Eye" desfrutando de uma vista excepcional pela capital britânica, antes de descer o Tamisa e descobrir alguns dos edifícios mais emblemáticos daquela cidade.

"Outra das razões é o facto de ter começado a correr aos 14 anos, e sempre ter corrido em Honda. Não há outro piloto que possa dizer o mesmo"

Pedrosa foi subindo com o apoio da marca japonesa, desde a sua estreia na Movistar Junior Cup, sob a orientação do ex piloto Alberto Puig.

"Quando a Honda me abordou, as coisas estavam claras para o Alberto (Puig) e eu: a moto primeiro, o dinheiro é outro assunto. Conseguir a melhor moto era a prioridade. Correr para uma equipa satélite seria muito interessante do ponto de vista económico, mas o mais importante é ter uma moto competitiva, já que tenho muito tempo para ganhar dinheiro."

No ano passado, Pedrosa teve um primeiro contacto com uma 4-tempos no circuito Ricardo Tormo, depois da última ronda da temporada e o pequeno espanhol sabe que domar uma moto de 990cc será um verdadeiro desafio para si.

"Quando testei a moto de MotoGP da Honda no ano passado, em Novembro em Valência, percebi que a moto era muito grande para mim. Terei de trabalhar muito. É uma moto um pouco perigosa, já que não permite erros. Ao sofrer uma queda é fácil magoarmo-nos. Com este tipo de moto, as rectas são muito curtas – quase nem o são!"

"Não tenho medo de competir contra outros pilotos de MotoGP, a minha única preocupação é a preparação física. Espero conseguir pilotar uma moto que é muito mais pesada do que a minha de 250cc. Em MotoGP, não se pode apenas desfrutar da corrida. Se se tem tempo para o fazer, quer dizer que não estamos a fazer o nosso trabalho com deve de ser. Se se quiser ser sério, não se pode desfrutar. Em última instância, apenas somos recompensados pelo sofrimento que passamos."

Tags:
250cc, 2005, betandwin.com BRITISH GRAND PRIX, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›