Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Biaggi e Hayden optimistas antes do Grande Prémio da Alemanha

Biaggi e Hayden optimistas antes do Grande Prémio da Alemanha

Biaggi e Hayden optimistas antes do Grande Prémio da Alemanha

Depois do desalento de Donington na passada semana, Max Biaggi e o seu colega de equipa Nicky Hayden dirigem-se agora para o famoso circuito de Sachsenring na Alemanha, na esperança de somar alguns pontos para o campeonato nesta eu será a última corrida antes do interregno de Verão. Ambos os pilotos têm razões para estarem optimistas e ansiosos pela realização desta que será a decimal ronda da temporada e que se realiza numa pista que atrai mais de 200,000 espectadores ao longo do fim-de-semana. Biaggi teve dias de sonho neste mesmo circuito no ano passado ao obter a pole position e vencendo a corrida. Vitória que somou há que havia conseguido em 2001 e aos segundos lugares de 1998 e 2002. "Depois do desastre que foi Donington vou para Sachsenring determinado em obter um bom resultado e um bom desempenho para os meus fãs, para a equipa e para mim mesmo. Saí da última corrida bastante triste". "A corrida de Sachsenring deverá ser a prova da nossa competitividade. Anseio por andar na pista alemã onde nos últimos anos sempre tivemos bons resultados. Lembro-me bem do ano passado quando fizemos a pole e vencemos a corrida. Para mim foi o fim-de-semana perfeito e tenho pena de não ter repetido desde então. Para mim é frustrante ter consciência que tenho capacidade e material para estar sempre nos lugares da frente e isso não estar a suceder. Vamos esperar que esta corrida possa servir de ponto de viragem". Hayden, na sua curta carreira em MotoGP, tem obtido bons resultados na pista alemã. O americano quererá mostrar uma vez mais que Laguna Seca, onde o piloto da Repsol Honda venceu, não foi em vão. "Andei sempre bem em Sachsenring no passado. Não diria que é uma pista muito divertida mas obtive sempre bons resultados. No primeiro ano, larguei de 15º e terminei em quinto e no ano passado terminei no pódio. Algumas das esquerdas fazem-me lembrar as pistas dos Estados Unidos, e gosto imenso da descida no final da volta. É rápida e entusiasmante. Como sempre, quando se tem uma mau dia de corridas, o que os pilotos querem é voltar o mais rapidamente possível encima da moto para não pensarem muito nisso. Estou satisfeito que não haja interregno antes desta corrida".

Tags:
MotoGP, 2005, ALICE MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Nicky Hayden

Outras actualizações que o podem interessar ›