Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jacque confiante para o GP da Alemanha

Jacque confiante para o GP da Alemanha

Jacque confiante para o GP da Alemanha

Olivier Jacque vai juntar-se à Kawasaki Racing Team este fim-de-semana em Sachsenring para alinhar no seu terceiro MotoGP da temporada. Contratado como piloto de testes pela marca nipónica depois de substituir o lesionado Alex Hofmann na China e na França, o gaulês vai correr agora como wildcard na Alemanha, além de alinhar também na última prova do ano em Valência.

Na China Jacque fez extraordinário regresso à competição ao terminar em segundo numa corrida marcada pela forte chuva – o seu primeiro Grande Prémio aos comandos da Ninja ZX-RR. E agora é claro que o piloto está muito contente por voltar à acção de MotoGP.

"Estou mesmo desejoso por voltar a correr com a Kawasaki. Fiz a minha última corrida há dois meses e meio e sei que não vai ser fácil. Fazer apenas alguns GP's numa temporada é algo estranho. Vou ter de encontrar o meu ritmo depressa e ser eficiente ao longo das quatro horas de treinos porque isso será muito importante. Não vou ter muito tempo para me preparar para a corrida e temos de preparar o nosso trabalho muito bem. De qualquer das formas estou confiante, sempre que subo para a moto o feeling surge logo".

"Vou ser o terceiro piloto da Kawasaki ao lado do Shinya Nakano e do Alex Hofmann numa formação liderada pelo Mr. Naoyama. Testámos no mês passado na Alemanha e ainda estamos a aprender a trabalhar em conjunto".

"Adoro o Sachsenring. É uma pista muito técnica, com muito ênfase na pilotagem. Tenho boas memórias desta pista: ganhei aqui nas 250cc em 2000 e depois de conseguir a pole position em 2002 nas 500cc estive muito perto de vencer a corrida, mas o Alex Barros acabou por me passar. O traçado tem uma zona muito sinuosa onde a trajectória é muito apertada e a nova secção é muito rápida e ondulada. Normalmente os tempos por volta são muito próximos uns dos outros e a afinação da moto é muito importante. A moto tem de estar bem equilibrada, mas também consistente para fazer a distância da corrida".

"Espero obter bom resultado, não estou a sonhar com a vitória, mas gostava de retribuir a confiança da Kawasaki. O tempo não será importante e na Alemanha podemos esperar tudo nessa matéria".

Tags:
MotoGP, 2005, ALICE MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND

Outras actualizações que o podem interessar ›