Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barros lidera no final de emocionante primeiro dia em Sachsenring

Barros lidera no final de emocionante primeiro dia em  Sachsenring

Barros lidera no final de emocionante primeiro dia em Sachsenring

Alex Barros estabeleceu o melhor tempo apesar de duas quedas no primeiro dia do Alice Motorrad Grande Prémio da Alemanha em Sachsenring. Num intervalo de 15 minutos, durante a sessão da tarde, o brasileiro caiu com as suas duas Hondas nas últimas duas curvas do traiçoeiro circuito, local onde também Valentino Rossi conheceu a gravilha com aquela que foi apenas a sua segunda queda do ano logo na sessão da manhã. Contudo, o tempo de Barros de 1m23,808s garantido ao cabo de sete voltas manteve-se intocável, pelo que lidera as tabelas de tempos até amanhã.

Estou um pouco desapontado com as duas quedas, mas ainda assim estou contente com o trabalho que fiz, disse Barros, que detém o recorde do circuito com um crono de 1m24,056s estabelecido na corrida do ano passado. Esta manhã a equipa deu-me uma moto muito competitiva e a primeira queda terá, provavelmente, sido provocada por um pouco de entusiasmo a mais da minha parte nas primeiras voltas. A segunda é mais difícil de explicar porque não estava a levar as coisas aos limites. De qualquer das formas estou bem, não me magoei e estou desejoso por amanhã.

Rossi também saiu ileso da sua queda, mas o mesmo não se pode dizer da sua confiança com o italiano a não ir além da 13ª marca do dia num traçado que ontem descreveu como sendo um dos seus piores. Ruben Xaus e John Hopkins também caíram durante a tarde. O norte-americana acabou por não melhor o sexto tempo averbado pela manhã, o que se traduziu no 12º crono nos resultados combinados do dia. Enquanto isso, Xaus terminou em 19º.

Sete Gibernau recuperou da desilusão de cair quando na liderança em Donington Park há cinco dias, estabelecendo hoje o segundo melhor tempo nas duas sessões. Depois de seguir Nicky Hayden a 0,207 segundos na parte da manhã, Gibernau terminou a tarde a apenas um décimo de Barros num primeiro dia onde aproveitou para treinar com vista à repetição do seu triunfo neste traçado há dois anos. O compatriota espanhol Carlos Checa também esteve em bom plano, levando a Ducati ao quarto lugar de manhã e melhorando à tarde para terceiro. Um bom sinal nas vésperas do 150º Grande Prémio da sua carreira.

Nicky Hayden não conseguiu melhorar os tempos durante a quente sessão da tarde onde as temperaturas chegaram aos 32º e aos 43ºna pista. Contudo, o norte-americano conseguiu garantir o terceiro tempo no final do dia numa jornada onde parece determinado em repetir o pódio da última temporada e regressar à forma que lhe permitiu vencer o seu primeiro GP em Laguna Seca. Mais atrás, Olivier Jacque fez o regresso à acção pela Kawasaki garantindo o 15º crono, doi lugares à frente do seu colega de equipa e favorito local Alex Hofmann.

Tags:
MotoGP, 2005, ALICE MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›