Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Team Roberts reage ao anúncio da KTM

Team Roberts reage ao anúncio da KTM

Team Roberts reage ao anúncio da KTM

Depois da KTM ter anunciado a decisão de deixar de fornecer motores ao Team Roberts no MotoGP, a equipa deu-nos a sua visão do sucedido:

Ao mesmo tempo que ao público a 12 de Agosto, a KTM informou o seu parceiro, Team Roberts, através de um press release que vai cancelar todas as suas actividades relativas à actual época despotiva no MotoGP.

Com isso a KTM rompe o acordo inicial de participar na época desportiva de 2005 do Team Roberts. A contrastar com o recente press release do KTM, em que a marca se apresenta apenas como um fornecedor de motores, a cooperação entre a KTM e o Team Roberts era suposto ser uma parceria em que ambas as partas tinham o mesmo peso. A KTM não só fornecia os motores como custeava a electrónica, os pneus e o piloto. Além disso tinha-se co-responsabilizado pelo financiamento do "budget" da equipa para 2005. Este "budget" foi acordado entre representantes da KTM e do Team Roberts em Fevereiro.

Não houve solicitações adicionais de financiamento por parte do Team Roberts além dos montantes previamente acordados, apenas que os pagamentos fossem realizados nas alturas devidas, o que nunca sucedeu.

O Team Roberts agiu de acordo com o estabelecido com a KTM e sempre de boa fé. O Team Roberts não iniciaria um projecto como este sem ter assegurado o financiamento que lhe permitisse cumprir com as obrigações para com a Dorna e os seus patrocinadores durante toda a temporada.

Ambas as partes sabiam que a participação do Team Roberts na temporada desportiva de 2005 não teria sido viável sem o apoio técnico e financeira da KTM. Confiando no empenho da KTM enquanto parceiro de igual estatuto nesta equipa, o Team Roberts decidiu levar a cabo a sua participação na temporada de 2005.

No início, a KTM anunciou o "acordo celebrado" com o Team Roberts. De facto, a KTM colocou muito do seu esforço juntamente com o Team Roberts na actual temporada desportiva. Contudo, contrariamente a outras competições, nas quais a KTM participa, o esperado sucesso no MotoGP não se materializou.

Com este cenário a decisões estratégicas de negócio e o deslocalizar de recursos como anunciado pela KTM no seu recente press release, a KTM decidiu abandonar a cooperação com o Team Roberts no meio da actual época desportiva desrespeitando assim o acordo que havia firmado com o Team Roberts.

Não só a KTM falhou na entrega de motores competitivos à nossa equipa durante esta temporada, falhou também no aspecto de cumprir com as obrigações a que se tinha proposto, optando por retirar-se da obrigação de fornecer motores, electrónica, pneus e um piloto ao Team Roberts na temporada de 2005 do MotoGP.

Numa altura em que celebramos a nossa 20ª temporada de participação em corridas de motociclismo na classe rainha, o Team Roberts continuará a manter o profissionalismo e a cooperar para o desenvolvimento do desporto. Somos apaixonados pelo MotoGP e embora o nosso sucesso nos últimos anos tenha sido mediano e as nossas opiniões nem sempre sejam unânimes, tentamos desenvolver a nossa actividade numa forma que pensamos será útil ao desporto nos próximos anos, estando 110% empenhados em cumprir com os nossos objectivos.

Obviamente que a saída da KTM cria-nos graves problemas, mas vamos tentar resolver a situação de melhor forma para não colocar em risco a nossa participação no Campeonato.

Gostaríamos de agradecer a todos os nossos fãs e colegas desta indústria que manifestarem o seu apoio e encorajaram a nossa continuação. Também queremos agradecer aos nossos fornecedores e amigos, que foram bastante pacientes à luz dos recentes acontecimentos.

Vemo-nos em Brno!

Tags:
MotoGP, 2005, Kurtis Roberts

Outras actualizações que o podem interessar ›