Compra de bilhetes
VideoPass purchase

MotoGP recomeça em Brno no Gauloises Grande Prémio da República Checa

 MotoGP recomeça em Brno no Gauloises Grande Prémio da República Checa

MotoGP recomeça em Brno no Gauloises Grande Prémio da República Checa

O Campeonato do Mundo de MotoGP regressa do seu tradicional interregno de Verão para a 11ª ronda de um total de 17 a ter lugar no circuito de Brno na República Checa. Um dos circuitos que há mais tempo integra o calendário, Brno recebeu pela primeira vez um Grande Prémio em 1965 num circuito com 13.94km, que mais tarde foi reduzido antes de ser retirado do calendário por razões de segurança. O actual circuito é utilizado desde 1987 mas mantém algumas das características do circuito inicial, combinando curves rápidas e constantes mudanças de direcção com as mais modernas medidas de segurança o que faz desta pista uma das mais espectaculares de todo o calendário.

Depois de dominar a primeira metade do campeonato, o actual Campeão do Mundo, Valentino Rossi, vai para Brno com o intuito de quebrar mais um recorde. Com oito vitórias já conseguidas este ano, o italiano precisa de apenas mais duas para assegurar o título deste ano. Rossi não pode garantir o campeonato já este fim-de-semana mas se conseguir repetir a sua primeira vitória neste mesmo circuito com uma 125cc em 1996, iguala o total de nove vitórias num ano que obteve o ano passado – um recorde para a Yamaha. Se vencer no domingo, Rossi será o primeiro piloto na história a conseguir nove vitórias numa temporada por cinco vezes e fará com que se distancie de Mike Hailwood no terceiro lugar de entre os pilotos que mais GP's venceram.

Com Rossi a ter uma vantagem de 120 pontos sobre Marco Melandri no topo da classificação, a maior margem alguma vez conseguida por um piloto após apenas dez rondas, a luta pelo título está quase terminada. Contudo, a luta pelo segundo lugar está ainda muito viva, com quatro pilotos separados por muito pouco. Ainda que Melandri esteja a ser o mais directo adversário de Rossi desde a segunda ronda da temporada que teve lugar no Estoril, o italiano tem vindo a cair de forma e deverá estar no seu melhor se quiser manter o segundo posto no campeonato. Melandri tornou-se o mais jovem piloto a competir num GP quando se estreou em Brno com 15 anos em 1997, sendo que desde então já venceu por três nas 125cc e 250cc.

O colega de equipa de Melandri na Honda, Sete Gibernau, também já venceu em Brno, ficando à frente de Rossi na corrida de MotoGP do ano passado, vingando assim ter ficado atrás do italiano por apenas 0.042 segundos na temporada anterior. O espanhol está a penas um pouco de Melandri no campeonato e quererá obter a sua primeira vitória da temporada em Brno depois de entregar a vitória a Rossi com um erro na última volta da passada ronda da temporada disputada em Sachsenring. Colin Edwards está a um ponto de Gibernau, ocupando o quarto lugar do campeonato, sendo que a mesma margem o separa de Max Biaggi, o piloto que mais sucesso granjeou na actual pista de Brno, totalizando sete vitórias em todas as classes.

A volta mais rápida em MotoGP na pista de Brno por estabelecida o ano passado por Alex Barros, que sofreu uma queda na corrida quando disputada a liderança. Juntamente com Nicky Hayden, é um dos dois pilotos, além de Rossi, a já ter vencido esta temporada, ainda que ambos estejam fora dos cinco primeiros na classificação geral. Assim que isto será um dos aspectos interessantes desta corrida, com os pilotos a terem de optar entre forçarem para lograrem alcançar a vitória ou garantir uma boa classificação na corrida que lhe permita assegurarem o segundo lugar no campeonato.

Também em competição este fim-de-semana estará o veterano de MotoGP Nobuatso Aoki, que se vai juntar aos mais habituais pilotos da Suzuki, John Hopkins e Kenny Roberts, como wildcard. Hopkins está confiante que vai pilotar mesmo depois de ter sido submetido a operação ao pé que fracturou em Sachsenring, isto apesar de não estar a 100%. Por outro lado, parece certo que Shane Byrne não vai alinhar na prova deste fim-de-semana depois da KTM ter anunciado que vai deixar de fornecer motores à Proton Team KR com efeito imediato. Byrne, que tem contrato com a KTM, pode ser substituído pelo compatriota Jeremy McWilliams com a versão 2004 da V5 da equipa.

Tags:
MotoGP, 2005, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›