Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Blata adia estreia da V6

Blata adia estreia da V6

Blata adia estreia da V6

O construtor checo Blata anunciou que o seu protótipo V6 de MotoGP não estaria pronto a tempo do seu Grande Prémio caseiro este fim-de-semana, como tinha previamente planeado. O construtor juntou forças com a WCM no ano passado, mas o desenvolvimento da nova maquina e preparação de novo departamento de corrida levou mais tempo que o esperado.

"A moto existe fisicamente, está nas suas próprias rodas. Só não está completa e não faz sentido apresentar algo que não está terminado", disse o fundador e director Pavel Blata.

"Com isto queríamos reagir às falsas informações de alguns media sobre todo o projecto. Já completámos o chassis, ou seja o quadro e braço oscilante traseiro e muito outros componentes. A maior parte das peças do motor estão quase todas terminadas também".

"Fomos abrandados durante o processo de desenvolvimento, mas isso é algo que não se pode evitar quando estamos a trabalhar em algo completamente novo. Aconteceu-nos muitas vezes anunciarmos uma data para o projecto de depois isso não acontecer. Por isso, não vou marcar mais nenhuma data para a apresentação da moto".

"Temos consciência do facto deste incidente poder ter afectado o nosso nome na área do design, produção e venda de pequenas motos e os créditos da Blata a nível mundial, mas isto não muda o nosso plano de levarmos o projecto até ao fim. Acredito que a nossa decisão interna será compreendida. Estou muito triste com toda a situação e assumo como uma falha minha. Por outro lado, isto motiva os meus empregados e a mim próprio ainda mais para concretizarmos o projecto".

"Durante o ano conseguimos fazer muitas coisas. Depois de um ano podemos dizer que lidámos com muitos problemas que não esperávamos no início e que se relacionaram com o desenvolvimento da Blata V6. Isto não quer dizer que não temos mais preocupações que não estão totalmente ligadas ao projecto de desenvolvimento da moto, mas estas deram resultados".

"A fábrica da Blata não é grande. Somos cada vez mais confrontados com cópias dos nossos produtos. Não queremos utilizar isto como desculpa para o atraso da nossa entrada na competição, mas é algo que queremos dar a conhecer a todos os outros construtores porque é algo que também lhes pode acontecer. É claro que isto nos rouba atenção do nosso principal projecto".

Tags:
MotoGP, 2005, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY

Outras actualizações que o podem interessar ›