Compra de bilhetes
VideoPass purchase

McWilliams fala do seu regresso ao Team Roberts

McWilliams fala do seu regresso ao Team Roberts

McWilliams fala do seu regresso ao Team Roberts

Jeremy McWilliams esteve de volta ao paddock de MotoGP este fim-de-semana para a realização do Gauloises Ceske Republiky Grand Prix em Brno, substituindo o britânico Shane Byrne, na ressaca do recente conflito entre o Team Roberts e a KTM.

O piloto rodou a versão de 2004 do motor V5 desenvolvido pela equipa sedeada em Banbury e teve um fim-de-semana complicado, já que a moto não for a usada desde a temporada passada. Este foi igualmente o regresso de McWilliams às pistas depois de contrair uma lesão no ombro no início deste ano no Bennetts British Superbike Championship.

"Foi um fim-de-semana complicado para todos nós," disse McWilliams. "A equipa teve de trazer a moto antiga, que não corria desde o ano passado em Valência. Uma situação que não é a ideal, como se percebe."

"Tive problemas na corrida. Um pequeno sensor do motor falhou e isso fez prender o acelerador. Quando tentava travar, a moto seguia em frente. É impossível andar com uma moto de MotoGP nestas condições. Ainda tentei rodar algumas voltas, mas quando a coisa começou a ficar feia, tive de entrar."

"Antes deste GP estava mais nervosa do que alguma vez estive em toda a minha carreira. Foi até doloroso, mas assim que iniciei a qualificação, tudo passou. Na medida em que tivemos muitos problemas por a moto estar parada há tanto tempo, não fiz tantas voltas como esperaria. Estávamos a tentar recuperar terreno de cada vez que saia para a pista."

"Estive lesionado durante algum tempo. Estou satisfeito por estar aqui novamente a pilotar uma moto. A equipa está numa situação difícil e foi bom poder ajudar... ainda que não muito."

Tags:
MotoGP, 2005, GAULOISES GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Kurtis Roberts

Outras actualizações que o podem interessar ›