Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Gibernau perseguido pelo azar

Gibernau perseguido pelo azar

Gibernau perseguido pelo azar

Sete Gibernau voltou a ser perseguido pelo azar em Brno com um problema mecânico no sistema de combustível a ditar o abandono a três curvas da bandeira de xadrez quando rodava em segundo lugar. Foi apenas mais um exemplo de todo o infortúnio que tem acompanhado o espanhol esta temporada de corrida pelo título de MotoGP.

Com 11 corridas já disputadas olhamos para os incidentes que custaram caro ao espanhol e para como as coisas podia ter sido diferentes.

- GP de Jerez: Na última curva uma manobra perigosa por parte de Valentino Rossi faz com que Gibernau perca as esperanças na vitória.

- GP do Estoril: Gibernau controlou a corrida desde o início, mas a chuva e reduzida aderência levaram à queda.

- GP de Xangai: Gibernau perde velocidade depois das primeiras voltas. O espanhol explicou que o problema se devia ao novo pneu traseiro apresentado pela Michelin antes da corrida e que nunca tinha sido testado por Gibernau.

- GP de Mugello: Gibernau caiu muito cedo quando rodava em quinto.

- GP da Catalunha: O desgaste dos seus pneus no final da corrida obrigaram-no a desistir da luta pelo triunfo.

- GP da Holanda: Mais problemas de pneus.

- GP dos EUA: Nem Gibernau, nem a sua equipa conseguiram encontrar a afinação para a moto e foi forçado a largar de 15º da grelha.

- GP de Donington Park: Caiu à chuva quando liderava.

- GP de Sachsenring: Um erro na primeira curva da última volta deixou Rossi efectuar a ultrapassagem e o espanhol não conseguiu recuperar a primeira posição.

- GP de Brno: Durante a corrida a moto não esteve à altura do resto do fim-de-semana apenas a algumas curves do final, quando seguia em segundo, ficou sem combustível e teve de abandonar.

Tags:
MotoGP, 2005

Outras actualizações que o podem interessar ›