Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Irmãos Honda preparados para reunião de família em Motegi

Irmãos Honda preparados para reunião de família em Motegi

Irmãos Honda preparados para reunião de família em Motegi

A próxima prova no Twin Ring Motegi será, como é hábito, importante para todos os pilotos, mas para o regulares de MotoGP Hiroshi Aoyama e Yuki Takahashi será ainda mais especial. Porquê? Porque cada um deles vai correr contra os seus próprios irmãos e regressar a uma das pistas onde costumavam lutar entre si nos dias em que lideravam as corridas do All Japan 250cc – tal como os seus irmãos agora.

Para qualquer piloto a aproximação da sua corrida caseira é algo de especial. Quando se é um piloto japonês, viajando longe de casa durante quase todo o ano, com a pressão de estar à altura de um contrato, a chegada da prova de Motegi é um momento de prazer – mas ao mesmo tempo estranho. A vantagem de correr em casa é óbvia, mas ao mesmo tempo isso traz mais atenção na performance do dia da corrida, tornando-o o evento mais importante de toda a temporada.

Para Hiroshi Aoyama (Telefónica Movistar Honda) e Yuki Takakashi (Kopron Team Scot Honda) a corrida deste ano e Motegi terá um frisson adicional, já que cada um deles correr contra os seus próprios irmãos num GP.

Shuhei Aoyama e Kouki Takahashi são dois pilotos habituais no All Japan 250cc que têm agora a possibilidade de alinhar em Motegi como wildcards pela Team Harc-Pro Honda e DyDo MIL Racing, respectivamente. Shuhei foi oitavo no ano passado, mas para Kouki será um fim-de-semana de novidades.

Por acaso da sorte, tanto Yuki como Hiroshi estrearam-se nas 250cc em Motegi, Hiroshi em 2000 e Yuki em 2002, e agora olham para a corrida quase como veteranos, até mesmo o estreante Yuki. Isto quando os comparamos aos seus irmãs mais novos.

No início das suas carreiras as duas duplas de irmãos lutaram entre si de forma regular no Japão, com os quatro a competirem a nível nacional e a darem o melhor pelo mais alto resultado.

Tal como Shuhei e Kouki estão agora a lutar pela coroa nipónica de 250cc, Hiro e Yuki fizeram o mesmo em 2003 antes de, primeiro Hiro e depois Yuki, terem rumado ao mundo do MotoGP. Mas não sem que cada um deles se sagrasse campeão do All Japan 250, Hiro em 2003 e Yuki no ano passado.

Em 2005 está-se a viver outra luta entre Aoyama e Takahashi no All Japan 250. Numa estranha repetição do que o seus irmãos fizeram na sua última temporada em conjunto no campeonato, Aoyama ganhou a corrida mais recente, enquanto Kouki caiu, fazendo com que a diferença entre ambos ficasse nos 29 pontos com vantagem para Ayoama.

Tendo em conta o nível dos wildcards japoneses nas recentes corridas de TRM, não se pode descartar a possibilidade de um dos jovens pilotos subir ao pódio em conjunto com um dos irmãos mais velhos. O que se pode dizer com toda a certeza é que os quatro não podem subir todos aos mais desejados degraus.

Mas no Japão o que é impossível por vezes torna-se realidade. Tudo o que temos de fazer é olhar para a temporada de 1995, quando Takuma Aoki (500cc), Nobuatsu Aoki (250cc) e Haruchika Aoki (125cc) terminaram todos no pódio com as suas Honda em Suzuka, um facto sem precedentes e que provavelmente nunca mais se vai repetir. Dez anos depois sera que estamos preparados para mais uma luta familiar de pilotos Honda, desta feita em casa da Honda no circuito de Twin Ring Motegi?

Tags:
250cc, 2005, GRAND PRIX OF JAPAN

Outras actualizações que o podem interessar ›