Compra de bilhetes
VideoPass purchase

De olhos no Japão Biaggi fala do final da temporada

De olhos no Japão Biaggi fala do final da temporada

De olhos no Japão Biaggi fala do final da temporada

O impressionante ataque de meio do pelotão até ao pódio permitiu a Biaggi terminar em segundo lugar em Brno. Agora, a caminho de Motegi para a 12ª ronda do Campeonato, o "Imperador Romano" está apostado em provar que está de regresso à boa forma depois de desapontante primeira metade da temporada. O motogp.com falou com o veterano italiano antes do Grande Prémio do Japão.

Pergunta: Como é que foram as duas semanas de paragem entre Brno a intensa tourné asiática agendada para Setembro, o que tens feito?

Resposta: Não mudei a rotina. Tirei uns dias para mim, para descansar. E depois voltei aos treinos: bicicleta, corrida e supermoto.

P: Brno parece mesmo ser a tua pista da sorte. Chegaste ao pódio depois de um fim-de-semana que não parecia promissor. Esperavas este tipo de resultado?

R: Não estava mesmo a pensar num resultado destes, isto apesar de o querer muito. Desde o início da época parecia que estava a ver o mesmo filme todos os fins-de-semana: a qualificação não era boa como devia ser, enquanto na corrida conseguia recuperar. Isto foi apenas mais uma prova que estou a dar o meu melhor. Não é segredo nenhum que Brno é a minha pista preferia. Mas não foi a corrida que sonhei, isso é certo.

P: Este foi o teu terceiro pódio da época e passaste para segundo da geral. Parece que as coisas estão finalmente a ficar de feição para ti, precisamente quando nos aproximamos do final da temporada onde tiveste muitas dificuldades. Como é que te sentes em relação a esta temporada até ao momento? Qual é o teu objectivo, manter o segundo posto e terminares o ano como Vice-Campeão do Mundo?

R: Não estou a olhar para a classificação do Campeonato. Este segundo lugar não é grande consolação. Tens razão quando dizes que este ano me aconteceu de tudo. Era suposto ser a minha época de sonho e acabou por se tornar num pesadelo. Com a actual classificação do Campeonato só posso lutar pelo segundo lugar, mas o meu objectivo é ganhar. Neste momento gostava mesmo era de ganhar um Grande Prémio.

P: Depois de Brno tiveste, finalmente, a oportunidade de testar uma evolução totalmente nova da RC211V. O que pensas da nova moto? Achas que podes começar a utilizá-la já no Japão?

R: A nova Honda pode ter grande potencial, mas ainda tem de ser melhorada. É certo que vai ser uma máquina vencedora, mas ainda não vamos rodar com ela agora. De qualquer das formas, devia ter surgido muito mais cedo se o objectivo era utilizá-la para lutar pelo título. Além disso, também gostava de ter feito mais para o seu desenvolvimento.

P: A próxima jornada é em Motegi, uma pista onde sabes o que significa ganhar. Também tiveste algumas corridas de sorte, como a da temporada passada. O que esperas da prova deste ano? Quais são os teus sentimentos em relação a Motegi este ano, de forma mais geral, em relação ao final da temporada?

R: Gosto do Japão e dos japoneses. Sempre gostei de lá ir e não é apenas pela corrida. Tenho um grupo de fãs em Tóquio dirigido pelo meu amigo Akira. Estou desejoso por o encontrar e, espero eu, dar-lhes a minha melhor performance deste ano. Em relação ao final da temporada os meus pensamentos são: "Nunca desistir!"

P: Parece que esta será a tua última época com a HRC. Quais são os plano para 2006? Podes dizer-nos alguma coisa sobre o futuro do Max Biaggi no MotoGP?

R: Isto de estar a fazer a minha última temporada com a HRC é algo tenho vindo a ouvir desde o GP da China. É estranho, não é? Vamos esperar um pouco mais antes de falar-mos disto… Uma coisa é certa: para mim ainda nada está terminado com a HRC. Em relação à temporada de 2006 apenas posso dizer: "O Max Biaggi via lá estar!" Como habitual.

Tags:
MotoGP, 2005, GRAND PRIX OF JAPAN, Max Biaggi

Outras actualizações que o podem interessar ›