Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hopkins lidera assalto da Bridgestone em Motegi

Hopkins lidera assalto da Bridgestone em Motegi

Hopkins lidera assalto da Bridgestone em Motegi

O piloto da Suzuki, John Hopkins, registou o melhor tempo das duas sessões de treinos livres que hoje tiveram lugar em Motegi, liderando o assalto dos pilotos que utilizam pneus Bridgestone aos primeiros lugares da tabela de tempos. Neste primeiro dia de acção do GP do Japão, Hopkins prosseguiu com o excepcional que havia tido na qualificação para este mesmo GP no ano passado, quando logrou ocupar um lugar na primeira fila da grelha de partida pela primeira vez na sua carreira. Hopkins rodou hoje em 1m47,952s, mais de meio segundo mais rápido do que o recorde do circuito na posse de Makoto Tamada.

"A Suzuki trouxe novas peças e, a acrescentar a isso, a Bridgestone parece ter um excelente pneu para este fim-de-semana, pelo que estou confiante de que posso lutar pelos primeiros lugares na corrida," disse Hopkins, que foi um dos seis pilotos a cair na primeira curva da corrida que se disputou neste circuito no ano passado. "Estou ansioso que chegue domingo porque sinto que posso ser muito rápido e estou confiante de que vou finalmente conseguir um pódio. Os dois últimos anos nesta pista não foram muito bons para mim, mas espero que este ano isso possa mudar."

Loris Capirossi celebrou o recém assinado contrato para ficar mais um ano na Ducati, ao registar o segundo melhor tempo do dia, depois de ter dominado grande parte da sessão da tarde. Entretanto, Kenny Roberts, esteve igualmente em destaque, ficando a apenas 0.311 segundos do melhor tempo do seu colega de equipa, Hopkins. Roberts quererá, por certo, dar continuidade ao bom desempenho que demonstra na chuva com a obtenção de um bom resultado no seco, em Motegi, numa corrida muito importante para a Suzuki.

Valentino Rossi foi o mais rápido entre os homens da Michelin. O Campeão do Mundo registou o quarto melhor tempo, ficando á frente de Sete Gibernau e de Nicky Hayden. Rossi pode assegurar já este fim-de-semana a revalidação do título e pode dar-se por satisfeito porque nenhum dos seus mais directos rivais conseguiu ser mais rápido do que ele. Embora Rossi tenha celebrado a obtenção de cada um dos seus anteriores títulos mundiais com uma vitória, um resultado similar ao de hoje na corrida de domingo, dará ao italiano o seu quinto título consecutivo.

Max Biaggi foi o sétimo mais rápido num circuito onde, há dois anos, celebrou a vitória com uma Honda RC211V. Entretanto, o vencedor do ano passado, Makoto Tamada, foi apenas o nono mais rápido, atrás de Marco Melandri. Alex Barros, que venceu a corrida de 2002, completou o "top tem" ficando à frente de Colin Edwards, Carlos Checa, Tohru Ukawa, Alex Hofmann e Shinya Nakano.

Tags:
MotoGP, 2005, GRAND PRIX OF JAPAN, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›