Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi fala da sua vitória

Capirossi fala da sua vitória

Capirossi fala da sua vitória

Loris Capirossi conquistou vitória histórica ontem em Motegi, dando à Ducati o segundo triunfo no MotoGP. Foi a primeira vez que o italiano subiu ao mais alto do pódio desde que ganhou o GP da Catalunha de 2003, isto porque a Ducati teve uma temporada de 2004 para esquecer depois de fantástico ano de estreia. Nas duas últimas provas a formação italiana mostrou-se, finalmente, em posição para colher os frutos da parceria com os japoneses da Bridgestone.

Foi um fim-de-semana perfeito para Capirossi e para a Ducati Marlboro Team com o italiano a garantir a pole position e assinar novo recorde do circuito enquanto se encaminhava para a sua quarta vitória na categoria rainha. "Foi bom ter ganho hoje, mas não se trata apenas deste dia", disse Capirossi. "Desde sexta-feira até à corrida as coisas correram bem para a Ducati Marlboro, Bridgestone e para a equipa. A Bridgestone fez bom trabalho aqui em Motegi e os pneus funcionaram muito bem; fizemos muitas voltas consecutivas a alta velocidade nos treinos. Tive bom ritmo na corrida, mas houve vezes em que tentei ultrapassar e já estava além dos limites. Quando cheguei à liderança sabia que estava mais rápido que o Max e que a corrida seria minha. É muito bom ganhar pela Ducati e pela Bridgestone no Japão".

Livio Suppo, Director de Projecto da Ducati MotoGP, acrescentou: "É fantásticos para os envolvidos com a equipa. Foi especialmente satisfatório ganhar aqui no Japão. Uma vitória é uma vitória, mas aqui sabe ainda melhor. Antes de tudo temos de agradecer ao Loris, porque ele pilotou de forma perfeita ao longo de todo o fim-de-semana, depois à Bridgestone, porque os pneus funcionaram sempre muito bem, e, é claro, a todos os elementos da equipa que trabalharam nas motos, tanto aqui, como em Itália. Não é apenas o piloto e os pneus; é também a máquina. É um sonho tornado realidade. O Carlos também fez uma boa prova, e mesmo com as várias quedas que houve ele não ficou muito longe (4º). Foi um bom resultado para a equipa e para a moral, principalmente com as próximas corridas tão perto".

Tags:
MotoGP, 2005, GRAND PRIX OF JAPAN, Loris Capirossi

Outras actualizações que o podem interessar ›