Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Reacções dos pilotos depois dos treinos livres

Reacções dos pilotos depois dos treinos livres

Reacções dos pilotos depois dos treinos livres

Sete Gibernau, Movistar Honda – 1º, 2m03,299s
"Começamos o trabalho com base nos dados recolhidos aqui durante os testes de Inverno, o que foi grande ajuda. Não fizemos muitas alterações e os problemas que tivemos com a parte da frente em outros os circuitos não foram muito significativos aqui. Foi pena a forma como se desenrolou a sessão da tarde porque não tivemos a oportunidade de continuar a tratar da afinação da moto. O molhado não vai ser necessário para ninguém, por isso espero que amanhã o tempo esteja seco para preparar para a corrida".

Kenny Roberts Jr, Team Suzuki MotoGP – 2º, 2m03,435s
"Penso que hoje estivemos competitivos tanto no seco, como no molhado, o que aconteceu pela primeira vez e vamos tentar continuar assim durante o resto do fim-de-semana. Creio que estamos um pouco melhor aqui do que no Japão só pelas características da pista. Nos últimos três quartos do circuito – sem as rectas – parece que conseguimos chegar aos outros. Penso que estamos no caminho certo e a Bridgestone deu grande passo em frente nas últimas corridas. Os pneus de seco e de chuva parecem estar a funcionar bem, mas necessitamos de mais tempo para escolher o pneu para seco – que é o que esperamos para a corrida – mas ninguém sabe ao certo".

Loris Capirossi, Ducati Marlboro – 3º, 2m03,477s
"Não foi um dia mau para nós. Até ao momento, o nosso conjunto no seu todo está bom, mas penso que temos de trabalhar ainda mais que em Motegi onde tínhamos clara vantagem com os pneus. Como sempre, a Bridgestone está a esforçar-se muito, trouxeram quatro pneus traseiros novos para Sepang. Já testei dois e espero que amanhã esteja seco outra vez para rodar com os outros dois".

Tags:
MotoGP, 2005, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›