Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Capirossi garante segunda pole consecutiva do ano em Sepang

Capirossi garante segunda pole consecutiva do ano em Sepang

Capirossi garante segunda pole consecutiva do ano em Sepang

Loris Capirossi conquistou a sua segunda pole position em apenas sete dias, rodando de forma impressionante para o topo da tabela de tempos na única sessão de qualificação para o Marlboro Grande Prémio da Malásia e Motociclismo. O tempo de Capirossi de 2m01,732s representa novo recorde de pole position em Sepang, além de representar a repetição do primeiro posto da grelha conquistado em Motegi no domingo passado. O piloto da Ducati conta, de novo, com a companhia de John Hopkins na primeira linha com o piloto da Suzuki a proporcionar mais um dia memorável para a Bridgestone que garantiu cinco dos sete primeiros postos da grelha de partida.

"As condições da pista este fim-de-semana estão muito diferentes em relação ao que encontrámos durante os testes de Inverno e penso que todos se debateram um pouco", disse Capirossi. "Ainda bem para nós que a Bridgestone trouxe um bom pneu que ajudou muito. O crono foi bom e a minha consistência de corrida não está má. O melhoramento feito pela Bridgestone com os pneus desde Brno tem possibilitado mostrar o verdadeiro potencial da Ducati. Vai uma longa e quente corrida, mas estou preparado".

Enquanto isso, Sete Gibernau garantiu o melhor tempo para a Michelin hoje, quebrando a hegemonia da Bridgestone ao assinar o segundo melhor tempo do dia com a Honda e garantindo um lugar na primeira linha entre Capirossi e Hopkins. Shinya Nakano, da Kawasaki, igualou a sua melhor qualificação do ano com o quarto posto e a liderança da segunda linha da grelha, à frente de Kenny Roberts e Nicky Hayden, o responsável pela despromoção de Valentino Rossi na sua última volta.

Rossi, que pode levantar o ceptro mundial amanhã se terminar com uma vantagem de 12 pontos sobre Max Biaggi, vai largar da terceira linha depois de ter problemas com a afinação da sua Yamaha pela segunda corrida consecutiva. O italiano rodou 0.6s mais lento que na qualificação do ano passado onde garantiu a pole, pelo que terá pela frente uma grande luta para conquistar o título com a desejada vitória na corrida, tal como fez nas últimas quatro temporadas.

A consolação para Rossi é o facto do seu único rival nesta fase do campeonato, Max Biaggi, também se ter deparado com problemas hoje, não tendo ido além do fim da quarta linha. Mesmo assim, Biaggi foi um dos 12 pilotos a rodar dentro do recorde da pista de 2m03,253s. Nicky Hayden, Carlos Checa, Marco Melandri e Colin Edwards ficaram todos abaixo do segundo 03, com os sexto, oitavo, nono e décimo tempos, respectivamente. Impressionante foi a prestação de Melandri depois do jovem piloto ter sido suturado no pé com 35 pontos depois de se lesionar no Japão.

Shane Byrne lutou para fazer progressos com o pneu de qualificação depois de ter apresentado bom ritmo com as borrachas de corrida, acabando por se qualificar em 18º na sua estreia aos comandos de uma Honda e em substituição de Troy Bayliss. Olivier Jacque, que ocupa o lugar do lesionado Alex Hofmann, levou a Kawasaki ao 13º posto.

Tags:
MotoGP, 2005, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›