Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi sagra-se penta-Campeão em Sepang na vitória de Capirossi

Rossi sagra-se penta-Campeão em Sepang na vitória de Capirossi

Rossi sagra-se penta-Campeão em Sepang na vitória de Capirossi

O circuito de Sepang foi hoje o palco de uma emocionante jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP onde Loris Capirossi mostrou o excelente momento de forma que a Ducati está a viver com as primeiras duas vitórias consecutivas desde que entrou para a categoria rainha, bem como a melhor sequência de resultados da Ducati desde que se estreou no MotoGP.

Largando a pole o italiano de imediato se destacou no topo da classificação, gerindo muito bem a corrida de início a fim para, depois de muita pressão e de chegar a rodar em segundo atrás de Rossi, repetir o resultado da semana passada e oferecer à marca italiana o terceiro triunfo na categoria. Contudo, a tarefa de Capirossi não foi fácil pois teve como principal adversário ao longo das 21 voltas Valentino Rossi que, mesmo sem ter a necessidade de triunfar no GP da Malásia para conquistar o quinto ceptro da categoria rainha, rodou de forma impressionante e tudo fez para coroar a conquista de mais um título mundial com uma vitória.

Depois de várias dificuldades de afinação da sua Yamaha, tal como já havia acontecido há uma semana em Motegi, "Il Doctore" não deixou os seus créditos por mãos alheias e aproveitou na totalidade a segunda possibilidade que teve de fechar as contas do campeonato. Largando do sétimo posto da grelha de partida, o piloto da Gauloises Yamaha já rodava em terceiro ao cabo de cinco voltas. Rossi continuou a apresentar forte ritmo, acabando eventualmente por bater Nicky Hayden na luta pelo segundo posto e, já perto do final, defender-se dos ataques levados a cabo pelo espanhol Carlos Checa que conseguiu o seu melhor resultados da temporada ao concluir a prova no terceiro posto e escassos 0,070 segundos de Rossi.

Enquanto isso, e enquanto Rossi mostrava porque é que é visto como um dos melhores pilotos de todos os tempos ao conquistar o sétimo Campeonato do Mundo da sua carreira, Hayden apresentava-se como o melhor representante da Honda ao terminar em quarto à frente de Marco Melandri que levou a cabo magnífica prova apesar de ainda lesionado em resultado do incidente em que se viu envolvido com Valentino Rossi no Japão. Max Biaggi acabou por não conseguir oferecer qualquer oposição a Rossi, terminando a prova no sexto posto e tendo agora como objectivo a luta pelo vice-campeonato. Kenny Roberts Jr. foi o melhor homem da Suzuki com o sétimo lugar, deixando a Alex Barros, John Hopkins e Colin Edwards a possibilidade de encerrarem o Top 10.

Quem continuou a apresentar o mesmo azar do resto da temporada foi Sete Gibernau que, ao tentar passar Shinya Nakano por dentro, acabou por cair quando o nipónico, sem se aperceber da presença do espanhol, fechou a porta.

Tags:
MotoGP, 2005, MARLBORO MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›