Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os GPs dos títulos de Rossi: O GP do Rio de 2002

Os GPs dos títulos de Rossi: O GP do Rio de 2002

Os GPs dos títulos de Rossi: O GP do Rio de 2002

Valentino Rossi obteve o título de Campeão do Mundo em 2002 com mais uma demonstração de soberba pilotagem na chuva do GP do Brasil, vencendo a corrida com uma confortável margem sobre Max Biaggi. Rossi sabia que tinha de terminar à frente do seu rival e esperar que o colega de equipa, Tohru Ukawa, não terminasse no pódio se queria celebrar o título com quatro rondas ainda por disputar. Na corrida, o italiano escapou na dianteira atrás de Kenny Roberts, enquanto que Ukawa sofria uma queda quando estava em quinto lugar logo na segunda volta e entregava a iniciativa a Rossi, que acabaria por ultrapassar Roberts e assumir a liderança. Rossi não mais deixou a liderança, mantendo uma confortável vantagem sobre Biaggi, conseguindo assim a sua décima vitória da temporada.

Com a família, amigos e uma multidão de fãs do Rio a puxar por ele, Rossi cruzou a linha com uma vantagem de 1.6 segundos sobre Biaggi, tendo imediatamente começado a celebrar com o seu clube de fãs, que vieram vestidos com o equipamento tradicional da selecção de futebol do Brasil, trazendo uma taça a imitar o troféu entregue à selecção Campeão do Mundo. Rossi acabaria por erguer a taça para a multidão em delírio. O piloto italiano de 23 anos conquistava assim o seu quarto título, passando a ser apenas o segundo piloto a vencer títulos em máquinas a dois-tempos e quatro-tempos, juntamente com Giacomo Agostini, e mais importante ainda, sendo o primeiro vencedor do Campeonato do Mundo de MotoGP.

Contudo a corrida não foi tarefa fácil para Rossi, já que Roberts assumiu as despesas da mesma nos instantes iniciais, sendo que o italiano apenas passou para a frente na 14ª volta. Com dez voltas para terminar, Roberts foi apanhado pelo par da Yamaha, Biaggi e Carlos Checa, tendo caído para o quarto lugar. Checa havia recuperado de uma péssima largada tendo inclusive caído para ultimo lugar. Não obstante, o espanhol encetaria uma recuperação estupenda, que o levaria a passar Biaggi na volta após ambos terem ultrapassado Roberts. O espanhol queria vingar-se da derrota que havia tido contra Rossi no ano anterior, aumentando o ritmo e tentando alcançar Rossi. Infelizmente, acabaria por sofrer uma queda momentos após conseguir ultrapassar Rossi.

Rossi teve ainda de suster um ataque de Biaggi, com Roberts a conquistar o seu primeiro pódio do ano atrás dos dois italianos. Alex Barros deu um gostinho aos seus fãs brasileiros ao ser quarto, e o seu colega de equipa, Loris Capirossi, foi quinto depois de ultrapassar Abe e Jacque nos instantes finais da prova. As duas motos da Yamaha cimentaram as posições atrás das duas Honda, com Sete Gibernau a recuperar de um incidente na primeira curva, que atirou quatro pilotos para uma incursão fora da pista, a ser oitavo. Van den Goorbergh foi nono, com McCoy, Cardoso, Aoki, Harada e Hopkins a também terminarem nos pontos. Apenas 14 completaram a corrida de 24 voltas.

Tags:
MotoGP, 2005, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›