Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Shakey fala sobre a oportunidade de pilotar uma Honda

Shakey fala sobre a oportunidade de pilotar uma Honda

Shakey fala sobre a oportunidade de pilotar uma Honda

Substituindo o lesionado Troy Bayliss em Sepang e Losail, Shane Byrne partilhou com motogp.com as suas impressões em relação à oportunidade que teve de correr na equipa Camel Honda de Sito Pons. Mesmo que a sua falta de experiência com a RC211V o tenha impedido de conseguir melhor do que um 14º lugar na Malásia e um13º no Qatar, o britânico pode mostrar o seu valor e mostra-se agradecido pela oportunidade que Pons e a Honda lhe deram.

"Fiquei com muitas coisas boas deste fim-de-semana (no Qatar) e sinto que fiz um bom trabalho," comentou o ex Campeão Britânico de Superbikes. "O mais importante de tudo foram os comentários que o Sito me disse quando estava sentado comigo depois da corrida. Neste Segundo GP eu era rápido o suficiente para ficar entre os sete ou oito primeiros e ele disse-me que havia feito um bom trabalho. Mostrou-me que a minha media era qualquer coisa como 0.4 mais lenta por volta do que a do Alex e que estava a rodar mais rápido do que o Tamada, que já venceu duas ou três corridas. Também que fez ver que cada vez estava a andar com mais confiança."

"É muito bom para um piloto quando alguém que sabe realmente diz coisas destas a teu respeito. O Sito venceu dois Campeonatos do Mundo, e por isso sabe do que fala. O Kenny sempre que disse que eu apenas precisava de tempo e de uma moto boa e sai do Qatar sabendo que em apenas duas semanas e numa boa moto consegui ser rápido o suficiente para entrar no ‘top tem'."

"Por agora quero apenas agradecer a todos. Em primeiro lugar ao Sito por acreditar em mim, à Honda Europa por propor o meu nome à Honda Japão, à Honda Japão por me permitir correr, à equipa por todo o seu intenso trabalho nestes semanas, ao Alex pelas suas ajudas e conselhos."

Tags:
MotoGP, 2005, MARLBORO GRAND PRIX OF QATAR

Outras actualizações que o podem interessar ›