Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Agostini fala sobre o título de Rossi de 2005

Agostini fala sobre o título de Rossi de 2005

Agostini fala sobre o título de Rossi de 2005

Valentino Rossi ofereceu à Yamaha a melhor prenda que o construtor japonês poderia obter no seu 50º aniversário, ao sagrar-se vencedor do Campeonato do Mundo de MotoGP com a YZR-M1 pela segunda vez consecutiva. Este segundo título de Valentino Rossi em MotoGP com a Yamaha é a 12ª vez que a marca vence Campeonato do Mundo, sendo que às façanhas do italiano juntam-se as de nomes lendários que ajudaram a Yamaha a construir alguns dos momentos mais memoráveis da história deste desporto.

Entre o leque de campeões da Yamaha, o homem que mais se pode comparar a Rossi no que toca a talento, charme e títulos conquistados é Giacomo Agostini, que foi igualmente a primeira super estrela do MotoGP. O italiano venceu o seu primeiro título em 500cc com a Yamaha em 1975 e tem assistido ao trajecto que o seu compatriota Rossi tem feito na competição. Rossi é, de facto, o primeiro italiano a verdadeiramente dominar este desporto desde da última vitória de Agostini em Brno em 1977.

"O Valentino é o tipo de talento que surge uma vez em cada geração – não existe um Bobby Charlton a nascer todos os anos!" diz Agostini. "Os italianos esperaram 20 anos pelo próximo Agostini e o Valentino deu-lhes imensas alegrias. Penso que lhe devemos agradecer, e à Yamaha também, por esta temporada simplesmente fantástica."

Com o Rossi a lograr obter o título pela quinta temporada consecutiva e tendo já assinado pela Yamaha por mais um ano, Agostini está consciente das dificuldades que os pilotos encontram para se manterem no topo de um desporto tão exigente como este. De acordo com o oito vez Campeão do Mundo de 500cc, é o seu insaciável apetite pelas vitórias que faz com que Rossi continue a dominar o desporto.

"Penso que a motivação que o Valentino mostrou este ano é a prova do seu amor por este desporto," afirma. "A oposição é forte mas o Valentino tem algo mais. Cada corrida é uma nova aventura e ele entusiasma-se sempre. Isto é algo de extraordinário. Ao sair da Honda para a Yamaha ele fez mais ou menos como eu, quando sai da MV Augusta para a Yamaha, e conseguiu manter a motivação. Já mostrou o seu talento em diferentes motos nas últimas temporadas em MotoGP e toda a gente parece gostar dele. Estou muito contente porque ainda sou próximo de muita gente na Yamaha. Gostei imenso de pertencer à família Yamaha e sinto que lá ainda gostam de mim."

"Esta temporada acho que a Yamaha merecer tanto o crédito das vitórias como o Valentino. Eles fizeram um trabalho excelente, dando-lhe uma moto muito boa que lhe permite vencer qualquer GP. Para Rossi e a Yamaha este foi o melhor ano de sempre."

Tags:
MotoGP, 2005, Valentino Rossi

Outras actualizações que o podem interessar ›