Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden obtém pole com a melhor volta de sempre em P. Island

Hayden obtém pole com a melhor volta de sempre em P. Island

Hayden obtém pole com a melhor volta de sempre em P. Island

Nicky Hayden realizou a volta mais rápida ao lendário circuito de Phillip Island, ao obliterar por complete o anterior recorde na sessão de qualificação de MotoGP para o Polini Australian Grand Prix. O americano registou um tempo de 1m29,337s, não obstante ter sido travado por um piloto mais lento nas duas últimas curvas da sua volta de qualificação. Com este tempo, Hayden bateu o anterior recorde na posse de Valentino Rossi, por 0.731 segundos, tendo igualmente conseguido impedir que o italiano lograsse obter mais uma pole.

"O meu objectivo era rodar abaixo de 1m29,5s mas os pneus de qualificação cada vez estavam melhores e na derradeira volta, as condições eram perfeitas para conseguir um bom tempo," disse Hayden, que também largou da pole, esta temporada em Laguna Seca e Sachsenring. "A moto está muito boa, os pneus têm muita aderência e é isso que mais gosto. Sabe sempre bem poder estar na pole mas é amanhã que conta. Todos na equipa estão a fazer o que podem e sinto um tremendo apoio pelo que o que posso fazer é dar o máximo e ver o que sucede."

Rossi foi igualmente prejudicado por um piloto mais lento na sua volta rápida, acabando por abandonar a tentativa e vir às boxes trocar de pneus, saindo para a pista para uma derradeira tentativa a apenas dois minutos do final da sessão. Contudo, o Campeão do Mundo foi incapaz de igualar o seu anterior ritmo, tendo de contentar-se com o segundo lugar na grelha de um GP onde espera poder conseguir a sua quinta vitória consecutiva em MotoGP. Sete Gibernau fecha a primeira fila da grelha às custas do seu compatriota Carlos Checa, que chegou a dominar a sessão durante grande parte da mesma, indo, no entanto, largar do primeiro lugar da segunda fila da grelha.

Colin Edwards conseguiu baixar dois segundos ao seu tempo de ontem, subindo assim ao quinto posto da grelha, e ficando entre Checa e Max Biaggi, que chegou a estar com um pé na primeira fila da grelha, mas que acabou por se qualificar em quinto. Marco Melandri vai querer roubar o segundo lugar no campeonato a Biaggi, ainda que tenha de largar para a corrida de amanhã do oitavo lugar e ter sido mais lento do que rookie Toni Elias. O espanhol mostrou que continua em boa forma, agora que está recuperado de uma lesão no pulso, ao registar a sua melhor qualificação de sempre em MotoGP com um sétimo melhor tempo.

Mais atrás na grelha surge Chris Vermeulen, que se estreia em MotoGP em substituição do lesionado Troy Bayliss, ocupando o 14º lugar após uma boa sessão de qualificação. O australiano rodou a menos de um segundo do seu colega de equipa da Honda, Alex Barros, e a apenas 2,317s segundos do tempo de Hayden. O tempo de Hayden é tanto mais impressionante quanto o facto do piloto de WCM, Franco Battaini, não se conseguiu qualificar por ter ficado fora do limite dos 107%.

Tags:
MotoGP, 2005, POLINI AUSTRALIAN GRAND PRIX, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›