Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Melandri vence após emocionante duelo com Hayden

Melandri vence após emocionante duelo com Hayden

Melandri vence após emocionante duelo com Hayden

Marco Melandri foi o grande vencedor da derradeira jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP, o betandwin.com Grande Prémio da Comunidade Valenciana, que se realizou nesta tarde de domingo no circuito Ricardo Tormo. O italiano da Movistar Honda efectuou excelente largada do segundo posto para assumir de imediato a liderança da corrida, não mais a perdendo até final, averbando o segundo triunfo consecutivo e garantindo o vice-campeonato.

Contudo, a tarefa de Melandri não foi fácil, pois Nicky Hayden, o único piloto que lhe podia roubar o segundo posto no Campeonato caso somasse mais dez pontos, não deu tréguas. O norte-americano da oficial Repsol Honda rodou de forma impressionante e tentou o triunfo até à derradeira volta, chegando mesmo a provocar um ligeiro erro por parte de Melandri, mas que acabou por não ter qualquer consequência.

Enquanto isso, o detentor da pole Sete Gibernau apresentava-se como o único piloto em pista capaz de fazer frente ao alucinante ritmo dos dois primeiros, mas problemas com o motor da sua RC211V ditaram prematuro abandono na terceira volta da corrida. Com os vários milhares de espectadores privados do herói local e com os dois primeiros postos longe do alcance do restante pelotão, o outro pólo de grande interesse foi a magnífica recuperação do Campeão do Mundo Valentino Rossi.

Após ter largado da 15ª posição devido a uma azarada queda na qualificação que não lhe permitiu melhor resultado na grelha, "The Doctor" encetou de imediato fortíssima recuperação para, ao cabo de duas passagens pela linha de meta, rodar já entre os dez primeiros. Rossi continuou então o seu ataque para começar a lutar pelo terceiro posto perto do meio da corrida.

Carlos Checa ainda tentou defender a sua posição, mas acabou por não conseguir apresentar os argumentos necessários para deter o Campeão do Mundo. Ainda assim, o espanhol não baixou os braços e foi, também ele, autor de excelente prestação nesta sua última prova ao serviço da Ducati Marlboro, chegando mesmo a tentar recuperar a posição. No entanto ao aperceber-se da situação, o piloto da Yamaha aumentou o andamento para se isolar no terceiro posto numa altura em que há muito já havia deixado de lutar por uma posição mais alta no pódio devido ao atraso que tinha para os dois primeiros.

Enquanto isso, o veterano brasileiro Alex Barros (Camel Honda) terminava a derradeira ronda do ano na sexta posição depois de animado duelo com o italiano Max Biaggi (Repsol Honda). Loris Capirossi, apesar de ainda não estar 100% recuperado da lesão contraída aquando da forte queda em Phillip Island, conseguiu neste seu regresso à acção averbar positivo sétimo posto, levando a melhor sobre o companheiro de equipa de Rossi, Colin Edwards, Makoto Tamada e Toni Elias, este a fechar o Top 10.

Shinya Nakano foi o melhor entre as Kawasaki ao concluir a corrida em 11º seguindos-se Ryuichi Kiyonari – que substituiu o lesionado Troy Bayliss na Camel Honda –, John Hopkins (o primeiro das Suzuki), o regressado Alex Hofmann e Rubens Xaus a reclamar o derradeiro ponto desta temporada de 2005.

Tags:
MotoGP, 2005, G. P. betandwin.com DE LA COMUNITAT VALENCIANA, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›