Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso e Lüthi entusiasmados com experiência em MotoGP

Dovizioso e Lüthi entusiasmados com experiência em MotoGP

Dovizioso e Lüthi entusiasmados com experiência em MotoGP

A Honda recompensou as performances dos seus melhores jovens pilotos dando-lhes a oportunidade de rodarem numa moto de MotoGP. No teste realizado este semana em Valência, Espanha, o Campeão do Mundo de 125cc, Thomas Lüthi, e o Rookie do Ano nas 250cc, Andrea Dovizioso – ex Campeão de 125cc, e ainda Max Neukirchner tiveram a oportunidade de pilotar durante algumas voltas a RC211V.

As más condições atmosféricas dificultaram o cumprir do horário, mas os três estavam contentíssimos por terem tido a oportunidade de rodarem numa moto a 4 tempos. Foi a cereja em cima do bolo para Lüthi, depois de uns dias antes ter conquistador o título mundial: "Foi muito bom. Pena que o tempo não tenha ajudado. Não forcei tanto por causa disso," disse Lüthi. "A moto tem muita potência, mas é fácil de lidar. O mais impressionante é a velocidade que atinge e o cedo que é necessário travar nas curvas. Os discos de carbono são fantásticos e com o peso e velocidade da moto são mesmos necessários. Preciso de mais voltas para a compreender melhor mas devo dizer que gostei imenso desta experiência."

Depois de realizar 25 voltas, o piloto acrescentou, "É uma moto fantástica. Tenho um carro com menos potência do que esta moto! Não se podem comparar porque uma moto apenas tem duas rodas e como estamos ao ar, podemos sentir a velocidade!"

Dovizioso já havia experimentado a RC211V e 2004, depois de vencer as 125cc. Na sequência de um bom ano nas 250cc, o italiano teve outra oportunidade de pilotar a moto de 990cc.

"Comprada com a RCV I que testei no final da temporada passada o que salta a vista é o incremento de potência," disse Dovi. "Esta moto tem mais potência mas é também mais fácil de pilotar. A parte da frente está melhor, e sente-se a diferença ao entrar nas curvas. O que mais me deu problemas foi a traseira – na travagem a traseira salta um pouco, mas isso pode apenas ser da afinação."

Tags:
MotoGP, 2005, Andrea Dovizioso

Outras actualizações que o podem interessar ›