Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Nakano e de Puniet falam reflectem sobre o teste de Sepang

Nakano e de Puniet falam reflectem sobre o teste de Sepang

Nakano e de Puniet falam reflectem sobre o teste de Sepang

A Kawasaki Racing Team deu por terminada a sua temporada com a realização de um exaustivo, mas muito produtivo, teste de três dias no circuito de Sepang na Malásia, com ambos os pilotos, Shinya Nakano e Randy de Puniet, a registarem tempos bastante promissores.

Nakano experimentou pela primeira vez a versão de 2006 da Ninja ZX-RR, rodando 152 voltas apesar de sentir dores no braço, resultantes da lesão contraída em Valência há três semanas.

"Não tinha a certeza se poderia participar nos três dias de testes devido a algumas dores que ainda sinto," explicou o japonês. "Mas afinal foi possível e pude forçar um pouco o ritmo durante a tarde do último dia. Estou muito satisfeito porque realizámos todo o trabalho que tínhamos previsto com a nova moto e isso coloca-nos no bom caminho, em especial no que toca á maneabilidade e resposta do motor. Experimentei dois motores para assim dar os nossos engenheiros o máximo de informação possível no que toca às relações entre binário e velocidade de ponta. Estou bastante entusiasmado depois deste teste e ansioso que chegue a próxima etapa do desenvolvimento da moto."

O seu novo colega de equipa, Randy de Puniet, continuou a sua curva de aprendizagem depois de ter subido este ano das 250cc para as muito mais pesadas e velozes máquinas do MotoGP. No final dos três dias, o piloto mostrava-se satisfeito com os progressos que realizou com a ZX-RR de 2005.

"Estou muito satisfeito com este teste porque encontrei algumas boas soluções ao nível da afinação da ZX-RR de 2005," disse Puniet. "Fiz o meu melhor tempo em pneus que já tinham 12 voltas e estou certo que poderia ter sido mais rápido com pneus novos, mas esse não era o meu objectivo para este teste – O principal era aprender o que diferencia esta Kawasaki da moto que estava habituado a pilotar nas 250cc. No primeiro dia concentrei-me em encontrar uma boa posição tendo depois cumprido testes de motor e injecção. No derradeiro dia, tive aí sim a oportunidade de rolar um pouco mais. Vindo das 250cc, a potência e o peso de uma moto de MotoGP é completamente diferente, mas estou satisfeito com os progressos registados – Em suma, devo dizer que gosto da moto e dos pneus."

Tags:
MotoGP, 2005, Shinya Nakano, Randy de Puniet

Outras actualizações que o podem interessar ›