Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Camel Yamaha testa sozinha no Qatar

Camel Yamaha testa sozinha no Qatar

Camel Yamaha testa sozinha no Qatar

A Camel Yamaha terminou hoje o seu terceiro dia de testes no Circuito Internacional de Losail. Sem concorrência em pista, pois as restantes equipas iniciaram os seus três dias de testes uma jornada mais cedo, Rossi e Edwards não tiveram problemas em concluir o que ainda faltava dos testes de pneus para a Michelin antes de se dedicarem a tiradas mais longas em pista durante a tarde.

Nem Rossi, nem Edwards melhoraram os cronos de ontem de 1m56,53s e 1m56,81s, respectivamente, pelo que estas marcas se mantiveram como as melhores de toda a sessão de treinos. Contudo, ambos os pilotos continuaram a rodar abaixo do recorde da pista, com Rossi a parar o cronómetro aos 1m56,78s e efectuando 49 voltas e Edwards a marcar 1m57,07s num total de 57 passagens pela meta.

Os homens da Yamaha e elementos da equipa têm agora uma paragem de cinco dias pela frentes antes de se reunirem com os restantes membros de MotoGP para o último teste de Inverno em Sepang, Malásia, a realizar de 14 a 16 de Fevereiro.

O Campeão do Mundo Valentino Rossi falou sobre um dia que não considerou estar ao nível do de ontem e sobre a totalidade dos testes:

"Hoje não estive tão bem como nos outros dias, principalmente porque a pista estava um pouco pior e não tínhamos muita aderência. Creio que na noite passada houve muito bento e com apenas duas motos em pista não foi possível limpar o piso. De qualquer das formas demos continuidade ao nosso trabalho, efectuámos longas tiradas em pistas e recolhemos mais informação sobre a nova M1 em condições diferentes."

No que respeita aos problemas de vibrações que surgiram pontualmente, Valentino mostrou-se optimista.

"Sentimos algumas vibrações a nossa principal prioridade agora é encontrar forma de resolver o problema; espero que o façamos em Sepang. Seja como for, de forma geral tratou-se de um teste positivo e fizemos mais algumas melhorias. Agora vou para casa por uns dias para descansar e recomeçamos o trabalho em Sepang na próxima semana."

O companheiro de equipa Colin Edwards também estava contente com o desenvolvimento da Yamaha M1.

"Estou contente com este teste e desejoso pela próxima sessão. Estou particularmente satisfeito com a afinação da moto, o que parece estarmos a conseguir melhorar de cada vez que testamos. Tanto a Yamaha como a Michelin trabalharam muito durante o Inverno e, em conjunto com os novos pneus, temos um excelente conjunto. A minha simulação de corrida não foi má esta tarde e o mais encorajador foi o facto de ter apresentado tempos consistentes, mesmo perto do final com os pneus a sofrerem mais com o calor."

Tendo rodado mais rápido que o tempo da pole de Capirossi em 2005, Edwards não se deixou cair em comparações com a corrida do ano passado.

"É difícil fazer comparações com a corrida do ano passado, uma vez que as condições eram muito diferentes, mas a corrida deste ano no Qatar está apenas a dois meses de distância, por isso espero que o trabalho efectuado nos coloque em boa posição para esse fim-de-semana. O progresso geral da moto tem sido muito bom nestes dois testes e esperamos continuar a trabalhar da mesma forma em Sepang na próxima semana."

David Brivio, Director Desportivo da Camel Yamaha, resumiu o teste e fez a antevisão de Sepang.

"Foi interessante vir aqui com condições tão boas e conseguimos recolher boas informações para começar a temporada. É bom irmos já para Sepang para voltar a verificar tudo o que recolhemos em Janeiro. Sepang é o último grande teste antes do início da época."

Tempos oficiosos: 1. VALENTINO ROSSI (ITA) Yamaha, 1'56.78

2. COLIN EDWARDS (USA) Yamaha, 1'57.07

Tags:
MotoGP, 2006

Outras actualizações que o podem interessar ›