Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mau tempo afecta segundo dia de testes no Estoril

Mau tempo afecta segundo dia de testes no Estoril

Mau tempo afecta segundo dia de testes no Estoril

Tal como aconteceu com as equipas de MotoGP em Sepang, as formações de 125 e 250cc presentes no teste do Estoril viram os seus planos afectados pela chuva. Hoje, o segundo dia de trabalho, foi atrasado devido à chuva que se fez sentir no traçado português.

As equipas esperaram até que o piso secasse por complete antes de tentarem rodar. Um dos grandes ausentes foi Alex Debón. O piloto de testes da Aprilia sofreu lesão grave ontem no dedo mindinho devido a queda e foi transportado para o Hospital de Valência.

O piloto Michael Ranseder, da Junior KTM Team, deparou-se com problemas técnicos ao longo de quase todo o dia, enquanto Anthony West, da Humangest Honda, sofreu queda sem consequências.

No final do dia Alex de Angelis foi o mais rápido, seguindo-se Barberá, já recuperado da queda de ontem, e Lorenzo numa jornada positiva para os homens da Fortuna Aprilia. Enquanto isso, a formação da KTM aproveitou para fazer algumas filmagens promocionais e efectuar várias voltas ao circuito durante a tarde sem, contudo, revelar os cronos dos seus pilotos, tanto com as quarto de litro, como com as 125cc. Na classe mais baixa Lukas Pesek foi o mais lesto no Circuito do Estoril, neste que foi o seu último dia de trabalho em Portugal. Simone Corsi foi o segundo e Joan Olive terceiro num dia, onde apesar do tempo não ter ajudado muito, os cronos pouco mais lentos foram que na primeira jornada de trabalho.

Testes do Estoril Dia 2
Tempos Oficiosos 250cc:

1º Alex de Angelis, 1m42,9s – 29 voltas
2º Héctor Barberá, 1m43,3s – 21
3º Jorge Lorenzo, 1m43,4s – 44
4º Marco Simoncelli, 1m44,2s – 58
5º Anthony West, 1m44,9s – 50
6º Dirk Heidolf, 1m45,2s – 54
Tempos Oficiosos 125cc:
1º Lukas Pesek, 1m46,2s – 31 voltas
2º Simone Corsi, 1m47,1s – 45
3º Joan Olive, 1m47,2s – 40
4º Nicolas Terol, 1m48,7s – 45
5º Michael Ranseder, 1m49,2s – 15
6º Stefan Bradl, 1m49,9s – 55
7º Gino Borsoi, 1m49,9 – 47
8º Federico Sandi, 1m50,2s – 39

Tags:
250cc, 2006

Outras actualizações que o podem interessar ›