Compra de bilhetes
VideoPass purchase

GP da Malásia: Corridas

GP da Malásia: Corridas

GP da Malásia: Corridas

Loris Capirossi, da Ducati, garantiu a segunda vitória em sete dias ao levar a melhor no Marlboro Grande Prémio da Malásia sobre Valentino Rossi que, ainda assim, assegurou o sétimo título da carreira de GP's.

Largando da pole Capirossi efectuou corrida brilhante defendendo-se dos ataques de Rossi, este a vir deste o sétimo posto da grelha para chegar a segundo em apenas oito voltas. O piloto da Gauloises Yamaha chegou a liderar por breves momentos a meio da corrida, mas Capirossi reclamou o primeiro lugar na corrida a oito voltas do final.

Capirossi conseguiu então construir confortável vantagem enquanto Rossi era ameaçado pelo outro piloto da Ducati Marlboro, Carlos Checa. O espanhol rodou forte na última volta, mas não conseguiu ultrapassar Valentino, terminando a meros 0,077s do italiano.

Nicky Hayden, da Repsol Honda, foi quarto após forte largada, terminando à frente dos colegas de fábrica Marco Melandri e Max Biaggi. Kenny Roberts foi sétimo na Suzuki GSV-R, seguindo-se Alex Barros e John Hopkins enquanto Colin Edwards fechava o Top 10.

Nas quarto de litro Casey Stoner repetia o triunfo de 2004 em Sepang depois de dominar a prova, batendo Alex de angelis e Sebastián Porto. O australiano reduzia assim a desvantagem para Dani Pedrosa de 63 para 38 pontos na classificação devido à queda do espanhol quando este seguia em terceiro nos momentos inícais da prova.

Outro antigo Campeão do Mundo de 125cc também sofreu queda na primeira parte da corrida: Andrea Dovizioso perdeu o controlo da moto na segunda curva da corrida e ficou a zeros pela primeira vez na temporada.

Stoner libertou-se dos mais directos rivais com alguma rapidez e começou a construir confortável vantagem enquanto De Angelis seguia sozinho em segundo. Porto completou o primeiro pódio da época totalmente composto por Aprilias, batendo o companheiro de equipa Randy de Puniet e o vencedor da corrida anterior, Hiroshi Aoyama. O espanhol Hector Barberá foi sexto à frente do estreante japonês Yuki Takahashi, enquanto o oitavo posto ficou a cargo do veterano italiano Roberto Locatelli que garantiu a melhor classificação deste a sétima posição averbada em Jerez. Os privados da Aprilia Sylvain Guintoli e Taro Sakiguchi completaram o Top 10.

Thomas Lüthi venceu a corrida de 125cc apenas uma semana depois de sofrer forte queda e deslocar o ombro no Japão. O jovem suíço consolidou a liderança do Campeonato ao triunfar numa das mais renhidas corridas dos últimos tempos com escassos 0,002 segundos de vantagem sobre o rival Mika Kallio.

Lüthi liderou a maior parte da corrida. Largando da pole acabou por ceder o primeiro posto por breves momentos a Kallio nas primeiras curvas após a partida, mas antes do final da primeira volta já estava de novo na liderança. A partir desse momento escapou do trio de perseguidores da KTM: Kallio, Talmacsi e Simon. A meio da corrida Kallio conseguiu aproximar-se de Lüthi deixando os comapnheiros de equipa a debaterem-se pelo terceiro posto com os pilotos da Aprilia Mattia Pasini e Hector Faubel.

Na parte final da prova Kallio apresentou ritmo muito forte e exerceu grande pressão sobre o líder, mas Lüthi conseguiu cruzar a linha de meta em primeiro.

A luta pelo terceiro posto viu Pasini levar a melhor sobre Faubel, Talmacsi e Simon, assegurando assim o primeiro pódio desde a Holanda. Fabrizio Lai foi sexto à frente de Manuel Poggiali, Marco Simoncelli e Tomu Koyama.

Tags:
MotoGP, 2006

Outras actualizações que o podem interessar ›