Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sentimento agridoce para a Ducati Marlboro

Sentimento agridoce para a Ducati Marlboro

Sentimento agridoce para a Ducati Marlboro

Loris Capirossi venceu a corrida inaugural do Campeonato do Mundo de MotoGP o que coloca a Ducati Marlboro Team a liderar a tabela de pontos da classe rainha do motociclismo pela primeira vez na sua história. Mas foi o um dia de emoções contraditórias para a equipa, já que Sete Gibernau abandonou a corrida devido a problemas que afectaram a electrónica da moto.

Capirossi e Gibernau haviam sido primeiro e Segundo na qualificação, com Gibernau a ser o mais rápido do warm-up, pelo que a equipa depositava muitas esperanças num duplo pódio. Capirossi liderou a corrida de início ao fim, relegando para segundo lugar Dani Pedrosa, por 4.375 segundos, completando assim um fim-de-semana perfeito: pole position, vitória na corrida e volta mais rápida. A vitória nesta corrida foi a quarta do italiano no MotoGP com a Ducati Marlboro Team, a sua sexta no total na classe rainha e a 26º da sua carreira.

"Este é o meu quarto ano com a Ducati Marlboro Team e este é o melhor início de temporada que já tivemos", explicou Capirossi. "A equipa fez um óptimo trabalho no Inverno, em especial nos testes que aqui fizemos há duas semanas. Depois dos testes sabíamos que tínhamos uma hipótese de vencer a corrida e com os resultados dos treinos e qualificação, a nossa confiança estava em alta.

Liviop Suppo, director da Ducati MotoGP, estava igualmente deliciado com a vitória de Capirossi, ainda que tenha lamentado o azar de Gibernau. "É um dia de emoções contraditórias para nós – a Ducati merecia o duplo pódio hoje. Estou contente pelo Loris, ele esteve impecável e rodou muito bem, sempre com a situação controlada. Por outro lado, tenho imensa pena com o que aconteceu com o Sete. Os meus agradecimentos aos nosso parceiros Bridgestone e Shell Advance que muito contribuíram para esta vitória".

Gibernau viu todos os seus sonhos de uma vitória esfumarem-se na segunda volta da corrida. "Não tenho palavras. Temos trabalhado demais para deixarmos esta primeira corrida sem qualquer ponto. É uma pena porque tudo estava a corer bem. Os meus parabéns ao Loris e à Bridgestone pela vitória, sendo que agora vamos concentrar as nossas atenções na próxima corrida no Qatar daqui a duas semanas", disse o piloto espanhol.

Tags:
MotoGP, 2006, GRAN PREMIO betandwin.com DE ESPAÑA, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›