Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sentimentos amargos para a Camel Yamaha na China

Sentimentos amargos para a Camel Yamaha na China

Sentimentos amargos para a Camel Yamaha na China

Colin Edwards, da Camel Yamaha Team, rodou desde a primeira linha da grelha até ao pódio, apresentando performance determinado no GP da China. Enquanto o seu companheiro de equipa Valentino Rossi viu ser-lhe negada a possibilidade de lutar por um resultado entre os três primeiros devido a problema num pneu à 16ª volta, Edwards recolhia os louros de fantástica largada para liderar a prova nos momentos iniciais.

Com sol e temperaturas amenas, Edwards estabeleceu ritmo forte que apenas uma mão cheia de pilotos conseguiu acompanhar, mas acabou por sucumbir à pressão de Dani Pedrosa (Honda) à volta dez, com o jovem espanhol a levar o seu companheiro de equipa Nicky Hayden à boleia. Entretanto, Rossi fazia positiva escalada ao longo do pelotão, vindo de 13º da grelha até ao 5º posto na corrida antes de voltar a ser visitado pelo azar.

O italiano começou a sentir que algo estava errado com a sua moto e inicialmente pensou que se devia ao pneu traseiro. Edwards consolidou o terceiro lugar para garantir o primeiro pódio da temporada enquanto Pedrosa se desenvencilhava dos ataques de Hayden para se estrear a vencer no MotoGP.

Colin Edwards

"Fiz uma boa partida e decide rodar o mais rápido que pude nas primeiras voltas. Estive perto de perder o controlo em duas ocasiões, mas decidi que hoje preferia cair e perder a liderança a ficar fora do pódio, pelo que não podia abrandar. Tive algumas vibrações na moto e não consegui tirar o máximo partido dela; se rodasse abaixo dos 2m00,7s as vibrações obrigavam-me a reduzir o andamento, por isso não tive grande escolha, mas aguentei-me!"

"O comboio de carga passou com o Dani e o Nicky, mas não consegui manter-me atrás, eles estavam muito rápidos. Tivemos alguns problemas este fim-de-semana e não esperava estar no pódio, mas não posso agradecer o suficiente à minha equipa, à Yamaha e à Michelin pelo seu trabalho para me colocarem numa posição competitiva. Creio que no ano passado também somei o meu primeiro pódio na quarta jornada, por isso espero que este seja o sinal de partida para mim."

Valentino Rossi

"Não tive má partida para a corrida e passei muitos pilotos, mas tive um duelo com o Marco Melandri que me custou algum tempo. Algumas das suas manobras eram muito fortes, o que podia entender se estivéssemos a lutar pela vitória na última volta, mas não por um oitava lugar e naquela altura da corrida."

"De qualquer forma, a moto pareceu-me boa, mas quando chegava aos 2m00,1s de repente as coisas não pareciam bem e pensei que tinha um problema no pneu traseiro. Vim à box para o trocar, mas quando voltei à pista é que me apercebi que era o pneu da frente, por isso foi o fim da corrida para mim. Estou muito desapontado porque durante a corrida senti que tinha o ritmo para, pelo menos, passar o Hopkins e o Edwards, por isso, para mim, perdemos 16 pontos e um pódio, o que podia ser um bom resultados depois dos problemas que tivemos este fim-de-semana."

"Perdemos terreno no campeonato, por isso estou muito desapontado neste momento, mas ainda há muito caminho pela frente."

Tags:
MotoGP, 2006, POLINI GRAND PRIX OF CHINA

Outras actualizações que o podem interessar ›