Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner satisfeito com corrida e teste de Le Mans

Stoner satisfeito com corrida e teste de Le Mans

Stoner satisfeito com corrida e teste de Le Mans

Aos comandos da LCR Honda, o estreante australiano de 20 anos Casey Stoner efectuou arrebatador ataque de última hora para terminar em quarto na França. Largando de 11º da grelha, Stoner sobreviveu ao forte desafio lançado pelo oficial Honda Nicky Hayden, garantindo o seu quarto resultado dentro do Top 5 nesta temporada. Stoner passou Hayden a sete voltas do final e resistiu a todos os ataques levados a cabo pelo norte-americano, terminando em quarto com apenas 0,21s de vantagem sobre o homem da Honda de fábrica.

Com uma série de voltas rápidas que o levaram a aproximar-se do grupo da frente, Stoner estabeleceu a sua melhor marca na volta 22. Após se ter debatido com a moto quando ainda tinha o depósito de combustível cheio nos momentos iniciais da corrida, Stoner era oitava no final da primeira volta antes de encetar a sua recuperação a meio da corrida e que o levou a brilhante ultrapassagem a Hayden.

"O quarto lugar foi um resultado muito bom e uma vez mais respondi às pessoas que diziam que não conseguia rodar com pneus usados", disse Stoner. "A batalha com o Nicky foi fantástica, limpa, mas infelizmente quase o coloquei fora de prova no início da corrida – peço desculpas por isso, falhei um pouco a minha travagem. A instabilidade do tempo fez-nos perder muito tempo com a afinação e a moto estava terrível, não havia forma de me manter com os da frente – não conseguia travar suficientemente tarde com o depósito de combustível cheio. A meio da prova a moto começou a apresentar-se mais confortável, por isso aumentei o ritmo e comecei a apanhar os líderes."

Apesar dos fortes ventos e aguaceiros, Stoner e a equipa Honda LCR também completaram 43 voltas de teste ontem em Le Mans. Com uns frios 16º e a chuva frequente a causar atrasos, as condições não eram as ideais, mas Stoner estabeleceu o melhor tempo em 1m35,83s numa tarde ventosa, mas predominantemente solarenga.

O teste de Le Mans centrou-se na afinação da suspensão, incluindo várias opções de forquilha frontal, algo que Stoner não tinha tido tempo de experimentar durante o fim-de-semana de GP devido ao tempo que se fez sentir. O australiano revelou melhorias na performance em curva e travagens em consequências das alterações efectuadas, isto apesar do tempo não ter permitido ao chefe de mecânicos Ramon Forcada completar tudo o que sido planeado para a sessão de trabalhos na suspensão e pneus traseiros.

"Foi um dia complicado com um tempo terrível, mas consegui alguns progressos com a afinação da suspensão, especialmente com algumas alterações na frente", comentou o australiano. "A principal melhoria foi o aumento da aderência lateral a meio das curvas. O vento estava muito forte hoje e a mudar de direcção constantemente, foi difícil pilotar nos limites. Com a chuva durante a manhã estivemos perto de abandonar os testes à hora do almoço, mas decidimos esperar e finalmente tivemos algum tempo de pista seca de tarde."

Tags:
MotoGP, 2006, ALICE GRAND PRIX DE FRANCE, Casey Stoner

Outras actualizações que o podem interessar ›